Miriam Tolpolar compartilha memória, sabores e arte em livro

Artista constrói uma arqueologia dos afetos a partir de caderno de receitas de sua mãe

Edição: Vitor Diel
Arte: Giovani Urio sobre foto de Marco Nedeff

Miriam Tolpolar encontrou, no caderno de receitas de sua mãe, um mundo de lembranças e afetos. Descobriu, então, que, nos cadernos das tias, as receitas ganhavam novos temperos e vivências, compondo um rico painel familiar que reverencia a ascendência judaica. A partir dessa leitura, a artista criou interferências em litografias, desenhos, fotografias, tudo acrescido do carinho dos primos, em uma espécie de arqueologia da alma dos cadernos. Assim nasceu Receitas da Casa das Tias, publicação da Libretos e que retorna agora em nova impressão, após um período esgotado. O livro reúne 74 receitas e 77 ilustrações, dentre 41 litografias e 36 desenhos da artista, que explica a conexão com o seu fazer artístico: “Minha obra dialoga com questões relacionadas à memória, identidade e repetição e gosto de investigar suportes pouco convencionais”, revela Miriam.

A publicação de 216 páginas integra o kit especial do Grupo Paulina Cuperstein, da NA’AMAT Porto Alegre, junto com potes de temperos e uma aula on-line de uma das receitas com a chef Vitória Raskin, e terá a renda de sua comercialização revertida para a entidade Kinder – Centro Integração da Criança Especial.

No dia 25 de maio, às 17h30, a artista autografa o livro e participa de um bate-papo no café La Faísca (Av Venâncio Aires, 1025 — Porto Alegre/RS).

Sobre a artista
Miriam Tolpolar – Artista plástica, Mestre em Poéticas Visuais (Instituto de Artes, UFRGS), Professora de Litografia do Atelier Livre da Prefeitura Municipal de Porto Alegre de 1997 a 2018. Dedica-se à gravura, em especial à litografia, objeto de suas pesquisas e desde 1983 vem participando de Salões de Arte, exposições coletivas e Bienais de Gravura no Brasil e exterior, tendo recebido inúmeros prêmios. Em 1985, Miriam recebeu o 1o Prêmio Pintura no XIV Salão do Jovem Artista/RBS, marco em sua carreira e desde então tem sido premiada em importantes salões como 12o Salão de Artes Plásticas Câmara Municipal de Porto Alegre, 1o Salão SESC de Gravura, Salão FUNDARTE de Gravura, 11o Mini Print Internacional de Cadaqués, entre outros. Em 2007 recebeu o “II Prêmio Açorianos de Artes Plásticas – Destaque em Gravura”, da PMPAEm 2014 lançou o livro Memória da Litografia: pedras raras da Livraria do Globocontemplado para publicação em edital do FAC/RS, Secretaria Estadual da Cultura e em segunda edição. Em 2016 lançou Receitas da Casa das Tias, culinária, litografias, desenhos e textos, pela Editora Libretos.

Apoie Literatura RS

Ao apoiar mensalmente Literatura RS, você tem acesso a recompensas exclusivas e contribui com a cadeia produtiva do livro no Rio Grande do Sul.

Literatura RS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s