José Francisco Botelho e a história do pensamento ocidental

Em edição revisada e ampliada, autor apresenta o espanto e a maravilha que impulsionaram a filosofia ao longo do tempo

Edição: Vitor Diel
Arte: Giovani Urio sobre foto de divulgação

Em que consiste este mundo? E o que fazemos nele? É o que o jornalista, escritor e tradutor gaúcho José Francisco Botelho debate em uma de suas principais obras, A Odisseia da Filosofia: Uma breve história do pensamento ocidental. A nova edição, revisada e ampliada pela Maquinaria Editorial, será lançada em evento presencial no dia 26 de novembro, sexta-feira, às 19h30, na Livraria Santos, na unidade Galeria Casa Prado (R. Dinarte Ribeiro, 148 – Moinhos de Vento, Porto Alegre – RS).

Na obra, Botelho reflete sobre o quanto a filosofia influencia a nossa forma de ver o mundo e nos molda de acordo com teorias e pensamentos que guiam o nosso tempo. O autor investiga o surgimento da filosofia ocidental e como ela foi espalhada por todo o mundo, criando laços políticos e sociais profundos. A Odisseia da Filosofia apresenta as principais teorias que regem a modernidade, desde Sócrates até Ludwig Wittgenstein, dos tempos de Tales de Mileto até o século 21, para entender um mundo tão lógico, mas ao mesmo tempo tão inexplicável. A nova edição dedica cada uma de suas doze partes a uma era da filosofia e seus principais pensadores, debatendo as respostas que cada um apresentou para as perguntas mais elementares.

Sobre a obra, Clóvis de Barros Filho escreve no prefácio: “Francisco costura, com grande originalidade, história política e do pensamento. Dono de um estilo preciso e atraente, leva o leitor para onde quer, fazendo-o degustar enredando num prazer de leitura por intermédio de uma narrativa cujos fios tece com a excelência de quem sabe fazer o que faz.”

Sobre o autor
José Francisco Botelho é doutor em Letras pela UFRGS, jornalista, escritor, tradutor e crítico de literatura e cinema. É autor de duas obras aclamadas de contos, que misturam ficção histórica, fantástica e especulação filosófica: A árvore que falava aramaico e Cavalos de Cronos – sendo este último vencedor do grande prêmio Açorianos e do prêmio Minuano na categoria Conto, em 2019. Como tradutor, suas versões de obras medievais e renascentistas são objeto de estudo internacional, e por elas ganhou dois prêmios Jabuti: um por sua tradução de Contos da Cantuária, em 2014, e outro por Romeu e Julieta, em 2017. Também traduziu Júlio César, de Shakespeare, assim como obras de Bram Stoker, Arthur Conan Doyle, Patricia Highsmith e vários outros para diversas editoras brasileiras. Em 2021, relança A odisseia da Filosofia, pela Maquinaria Editorial, em uma edição revisada e ampliada.

A Odisseia da Filosofia: Uma breve história do pensamento ocidental
José Francisco Botelho
222 p.
R$ 44,90
Maquinaria Editorial
Compre aqui (link externo)

Apoie Literatura RS

Ao apoiar mensalmente Literatura RS, você tem acesso a recompensas exclusivas e contribui com a cadeia produtiva do livro no Rio Grande do Sul.

Literatura RS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s