PUCRS abre inscrições para oficina com Assis Brasil em 2021

Edição: Vitor Diel sobre texto da assessoria
Arte: Giovani Urio sobre reprodução

A Escola de Humanidades da PUCRS divulga o lançamento do edital para a Oficina de Criação Literária 2021 com o professor e escritor Luiz Antonio de Assis Brasil. Pela primeira vez, a oficina, ocorrerá de forma remota, em ambiente on-line. São 15 vagas disponíveis.

O gênero literário estudado será, como em outros anos, a narrativa de ficção, excluindo-se, dessa forma, a poesia, o drama, a crônica e demais. As inscrições devem ser feitas por e-mail com o envio de um arquivo em PDF contendo: (1) um memorial livre sem limite de número de páginas relatando a experiência do inscrito com a narrativa de ficção, incluindo suas preferências literárias e qual sua expectativa em relação à oficina; (2) um ou mais trabalhos literários de autoria própria de no máximo 15 páginas, inéditos ou já publicados, que possam ser considerados narrativa de ficção, ou trechos de capítulos de romance ou novela; (3) currículo pessoal/profissional/literário com, no máximo, uma página, contendo endereço completo, telefone e e-mail.

Cronograma

As inscrições devem ser enviadas até 4 de janeiro de 2021 às 17h. Os selecionados serão divulgados na página da Escola de Humanidades da PUCRS no dia 22 de janeiro e as aulas começam no dia 11 de março, ocorrem sempre às quintas-feiras, das 14h às 17h. A oficina tem duração de dois semestres com 15 encontros cada.

A “oficina do Assis”, como é popularmente conhecida, foi fundada em 1985, tornando-se, assim, a mais antiga oficina literária brasileira em funcionamento no âmbito acadêmico. A iniciativa deu origem, mais tarde, aos cursos de graduação, mestrado e doutorado em escrita criativa na PUCRS. No ano seguinte ao término da oficina, é publicada uma antologia que reúne os contos elaborados durante o período. Até agosto de 2019, foram publicadas 47 antologias.

Confira o edital completo e saiba mais sobre o histórico da oficina aqui.

Sobre o professor
Luiz Antonio de Assis Brasil nasceu em Porto Alegre, em 1945. Foi violoncelista na orquestra sinfônica da capital gaúcha e posteriormente tornou-se professor universitário, escritor e, de 2011 a 2014, secretário de Estado da Cultura do Rio Grande do Sul. Tem pós-doutorado em Literatura Açoriana pela Universidade dos Açores. É Coordenador-Geral do DELFOS – Espaço de Documentação e Memória Cultural da PUCRS. Entre suas premiações, estão o Prêmio Machado de Assis da Biblioteca Nacional em 2001 por O Pintor de Retratos; Livro do Ano pela Associação Gaúcha de Escritores em 2004 por A Margem Imóvel do Rio; Portugal Telecom em 2004 pelo mesmo livro, e Finalista do Prêmio Jabuti em 2007 por A Música Perdida. Seus romances Videiras de Cristal, Concerto Campestre, Um Quarto de Légua em Quarto e Manhã Transfigurada foram adaptados para o cinema. Foi patrono da Feira do Livro de Porto Alegre em 1997.

Apoie Literatura RS

Ao apoiar mensalmente Literatura RS, você tem acesso a recompensas exclusivas e contribui com a cadeia produtiva do livro no Rio Grande do Sul.

Literatura RS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s