Crônicas de peculiaridades brasileiras

Renato Barros de Castro reúne em livro impressões sobre viagens por diversos e profundos recantos do país

Edição: Vitor Diel sobre texto da assessoria
Arte: Giovani Urio sobre reprodução

Inventário dos lugares do Brasil reúne crônicas de viagem sobre todas as regiões do país (incluindo seu Distrito Federal), revelando as mais variadas facetas de lugares, personagens históricos e pessoas anônimas – como a fabricante de biscoitos da “Macondo brasileira”, no interior do Tocantins, que garante ter também uma receita para o amor; o construtor de caleidoscópios na Chapada dos Guimarães; o taxista que conhece um segredo bem guardado de Porto Alegre ou ainda a guia maranhense de Alcântara detentora de uma curiosa “História do Brasil como poderia ter sido”.

Ante uma linguagem objetiva, ágil e dinâmica, onde aventura e bom humor estão sempre presentes, o leitor irá se surpreender com este conjunto de textos que une informação e cultura, dando relevo ao patrimônio natural, material e imaterial do Brasil. A obra, que tem ilustrações do artista cearense Napoleão Torquato, busca ainda inspirar tanto aqueles que já decidiram para onde viajar quanto aqueles que ainda não sabem o caminho a trilhar nesse país insólito e diversificado – mas que também apreciam descobri-lo por meio do seu povo, das suas lendas e dos seus costumes.

Napoeão Torquato/Reprodução

O autor também mantém o blog Mundo na Janela, em que publica seus relatos e dicas de viagem (link externo).

A obra está à venda pelo site da Editora Bestiário (link externo).

Sobre o autor
Renato Barros de Castro nasceu em 1982, no Ceará, e reside em Porto Alegre. É doutorando em Letras (Literatura Comparada) na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), onde desenvolve tese sobre narrativas de viagem e Bildungsroman sob supervisão do Prof. Dr. Gerson Roberto Neumann. Mestre em Letras e graduado em Comunicação Social (Jornalismo), é autor dos livros de crônicas Viagem a um Brasil insólito (Prêmio SECULT, 2015) e Geografia afetiva (Prêmio Milton Dias, 2011). Publicou, no campo da ficção, os livros O mistério de Frida Zeiden (contos), obra finalista do Prêmio SESC de Literatura 2016, e Inventário das sombras (romance). José de Alencar: entre o jornalismo e a ficção (ediPUCRS, 2020) marcou sua estreia como crítico literário, mostrando o lado realista do maior autor do Romantismo brasileiro, bem como trazendo a lume dois textos dele, então inéditos em formato livro.

Sobre o ilustrador
Napoleão Torquato nasceu em Fortaleza (1983). É ilustrador, pintor e publicitário, tendo atuado como diretor de arte nas emissoras TV Cidade (Afiliada da Rede Record) e Sistema Verdes Mares (afiliada da Rede Globo), além de ter integrado a equipe do estúdio Massive Black como artista conceitual.

Inventário dos lugares do Brasil: Crônicas de viagem
Renato Barros de Castro, Napoleão Torquato ils.
190 p.
R$ 42
Editora Bestiário
Compre aqui (link externo)

Apoie Literatura RS

Ao apoiar mensalmente Literatura RS, você tem acesso a recompensas exclusivas e contribui com a cadeia produtiva do livro no Rio Grande do Sul.

Literatura RS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s