O que há em um nome?

Marli Silveira e Lilian Cordeiro apresentam a história real de Aletheia, mulher gaúcha com histórico de abandono familiar que busca ressignificação de sua singularidade

Edição: Vitor Diel
Arte: Giovani Urio sobre reprodução

Orbitando temas como trabalho infantil, abandono e violência de gênero, o livro Singularidade arredia: ensaio sobre identidade e corpo feminino, de Marli Silveira e Lilian Cordeiro, dedica-se à história de Aletheia, participante de uma oficina do programa de formação profissional Mulheres Mil que demonstrava comportamento arredio e resistente às atividades de natureza criativa e artística. Quando perguntada “quem é você?”, a jovem respondeu “eu sou isso aí”, referindo-se à ilustração que produzira, carente de cores e notadamente melancólica. A partir disso, desenvolve-se um exercício de escuta sobre Aletheia que, insegura sobre sua origem familiar e social, aceitara o rebatismo pelas amigas na adolescência. “Como aceitar ser chamada por um nome de batismo e certidão se foi pela família e pelos padrinhos abandonada?”, perguntam as autoras.

A obra desenvolve uma reflexão sobre identidade, feminismo e opressões para trazer à luz a profunda vulnerabilidade social a qual são submetidas muitas mulheres como a gaúcha Aletheia em muitos cantos pelo interior do Brasil. “Nestes tempos de individualismo, de empobrecimento do povo, de desemprego, e em que se pensar passou a ser quase supérfluo, as autoras nos colocam diante de reflexões que nos instam a uma outra visão da vida e do humano”, escreve Jane Tutikian sobre a obra.

Singularidade arredia: ensaio sobre identidade e corpo feminino está disponível no site da Editora Bestiário (link externo) por R$ 38.

Sobre as autoras
Marli Silveira é natural de Santa Cruz do Sul, Mestre em Filosofia (UFSM), Doutora em Educação (UPF) e atualmente realiza Estágio Pós-Doutoral em Letras na Universidade de Santa Cruz do Sul. Poeta e escritora, com vários livros publicados. Autora de artigos e trabalhos acadêmicos. Organizadora e autora de obras literárias, biografias e obras coletivas. Foi secretária e coordenadora de Cultura de Vera Cruz (2005 a 2008, 2014 a 2015), Coordenadora de Cultura da Secretaria de Educação e Cultura da Prefeitura de Santa Cruz do Sul (2009-2012). Sua dedicação à cultura tornou seu trabalho reconhecido, recebendo prêmios por iniciativas e projetos que têm como foco o desenvolvimento cultural, a democratização do acesso e a promoção da diversidade cultural e literária, entre os quais o Prêmio VIVALEITURA 2016 (MinC, MEC e OEI) e o Prêmio Trajetórias Culturais — Mestra Sirley Amaro na Categoria Diversidade Linguística, Livro, Leitura e Literatura 2021. Integra a Casa do Poeta Rio-Grandense (CAPORI), a Associação Santa-cruzense de Escritores, a Academia Santa-cruzense de Letras e a Associação Gaúcha de Escritores/AGES). Em 2017 foi eleita Patrona da Feira do Livro de Vera Cruz/RS, em 2019 escolhida Patrona da Feira do Livro de Gramado Xavir/RS. Marli Silveira estreou na Editora Bestiário/Class em 2021 com o livro Quantos dias cabem na noite.

Lilian Cordeiro é docente do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul – IFRS, atua como pesquisadora junto ao CADE – Grupo de pesquisa em Arte, da mesma instituição. Mestre e doutoranda em Educação pela Universidade de Passo Fundo – UPF. Realiza atividades de extensão com grupos de mulheres, valendo-se da arte e dos fazeres manuais a partir dos fios para discutir temas e demandas do feminino.

Singularidade arredia: ensaio sobre identidade e corpo feminino
Marli Silveira e Lilian Cordeiro
80 p.
Editora Bestiário
R$ 38
Comprar aqui (link externo)

Apoie Literatura RS

Ao apoiar mensalmente Literatura RS, você tem acesso a recompensas exclusivas e contribui com a cadeia produtiva do livro no Rio Grande do Sul.

Literatura RS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s