Entrevistas

Minha rotina: mariam pessah

“Só escrever na hora da inspiração ou contando o que ‘me aconteceu’, mesmo que em prosa poética, tem um limite. A gente vê que está no ofício o dia que não sabe como começar, por onde ir e continua”

Leia mais