Oficina de Jornalismo Cultural segue com inscrições abertas

O curso tem por objetivo trazer para a discussão assuntos como a questão da representatividade, a esquecida arte da apuração na área cultural, a importância do debate de ideias. E também as mudanças que a internet e os fãs causam na cobertura cultural. Já aconteceram quatro edições em espaços culturais de Porto Alegre, como o Santander Cultural e a Fundação Ecarta.

As aulas serão expositivas, propondo sempre a discussão dos temas abordados. Muitos exemplos e leituras serão feitas e comentadas em aula. A prática também faz parte do programa, com abordagens realizadas diretamente na aula, tendo uma parte teórica e uma parte prática.

O diferencial dessa edição será a gravação de um podcast, a ser construído ao longo do curso, que vai refletir a própria estrutura de planejamento desta edição.

Sobre o ministrante
Rafael Glória é jornalista formado na UFRGS, especialista em Jornalismo Digital pela PUCRS e Mestre em Comunicação pela UFRGS, onde realizou uma História Cultural do veículo alternativo Coojornal. Tem experiência em jornalismo impresso e digital, já colaborou com periódicos como Correio do Povo, Jornal do Comércio e Jornal Metro. Também tem vasta experiência na cobertura cultural, sendo editor-fundador do site Nonada – Jornalismo Travessia e do Zine Travessias, publicação destinada a traçar perfis jornalísticos. Apresentou programas de rádio na Ipanema, Rádio Estação Web e na Minima.fm. Também foi o responsável pelas reportagens e textos da publicação RUA SETE, do Santander Cultural, assim como um dos idealizadores do projeto editorial. Já cobriu eventos como a Feira do Livro de Porto Alegre, CineEsquema Novo e Vestibular da Ufrgs. Tem interesse na cultura, no jornalismo cultural, escrita criativa, direitos humanos na Comunicação e História do Jornalismo. Tem experiência com escrita criativa, em Oficina do escritor Charles Kiefer, da PUCRS, e do Espaço Metamorfose. Foi prêmio Agente Jovem do Ministério da Cultura, em 2012. O Nonada – Jornalismo Travessia foi tema de artigo de pesquisa do Itaú Cultural em 2010 e entrou para o mapa de jornalismo independente da Agência Pública em 2016. Foi menção Honrosa no Prêmio Ari 2016 na categoria Reportagem Cultural. Em 2017, Rafael foi finalista do Prêmio Parceiros da Escrita, da AGES, com o projeto Nonada.

Oficina de Jornalismo Cultural – Quinta Edição 
De 13 de julho a 3 de agosto, sempre aos sábados, das 9h30min às 12h 
Rua Lopo Gonçalves, 485, Cidade Baixa – Porto Alegre/RS
R$120 pelos quatro encontros
Mais informações: rafaelgloria88@gmail.com ou cel/whats (51) 9 9991.5282

Literatura RS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s