Oficinas do Festival Rastros do Verão seguem com inscrições abertas

Edição: Vitor Diel
Arte: Giovani Urio sobre fotos de divulgação

Seguem abertas as inscrições para as oficinas do Festival Rastros do Verão. São três cursos oferecidos: Poesia Portuguesa Contemporânea, com Gabriela Silva, no dia 1º de fevereiro; Escrever a Vida Real, com Fred Linardi, no dia 12 de fevereiro, e Indefinindo Gonçalo M. Tavares, com Reginaldo Pujol Filho, no dia 13 de fevereiro. As inscrições custam R$ 30 e são feitas online, pelos links indicados acima.

Saiba mais sobre as oficinas
Poesia Portuguesa Contemporânea: abordagem de poetas que formam o cenário poético do século XX e XXI em Portugal, bem como as duas influências e leituras. Claudia R Sampaio, Daniel Jonas, Filipa Leal, Adília Lopes, Margarida Vale de Gato, Maria Teresa Horta, Nuno Judice, Gastão Cruz, Ana Luísa Amaral, Fernando Pinto do Amaral, entre outros, compõem o panorama poético português refletindo sobre os mais diversos temas e construindo sujeitos líricos com identidades diversas e múltiplas. Dia 1º de fevereiro, das 15h às 17h30, na Livraria Baleia (R. Cel. Fernando Machado, 85 – Centro Histórico, Porto Alegre/RS).

Escrever a Vida Real: Como escrever histórias de vida? Como relatá-las, sejam as nossas ou a dos outros? Tudo pode ser escrito com o caráter literário, reunindo o critério informativo e factual com o prazer oferecido pelas narrativas. Mostrando alguns caminhos para isso, este breve curso envolve os princípios e ferramentas básicas dos textos da narrativa de não ficção, a partir das quais os alunos serão convidados a refletir e praticar atividades deste gênero. Dia 12 de fevereiro, das 17h às 19h30, na Livraria Taverna (R. Cel. Fernando Machado, 370 – Centro Histórico, Porto Alegre/RS).

Indefinindo Gonçalo M. Tavares: Um dos mais importantes escritores de língua portuguesa deste século 21 é o tema deste curso. Tendo iniciado a publicação de suas obras em 2001, Tavares conta hoje com cerca de 40 títulos lançados em Portugal e com cerca de 400 traduções em curso em trinta e seis línguas, com edição em 52 países. Sem falar do reconhecimento com prêmios em Portugal, Brasil, Itália, Sérvia, França, entre outros. Será possível definir esse escritor e sua obra? Esse é um desafio a que se tem jogado críticos, leitores, pesquisadores das mais diversas localidades. Dia 13 de fevereiro, das 17h30 às 19h20, também na Taverna.

Confira a página especial sobre o Festival Rastros do Verão.

Apoie Literatura RS

Ao apoiar mensalmente Literatura RS, você tem acesso a recompensas exclusivas e contribui com a cadeia produtiva do livro no Rio Grande do Sul.

Literatura RS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s