Dois autores do Rio Grande do Sul vencem o 1º Prêmio Literário Máquina de Contos

Edição: Vitor Diel com texto da assessoria
Arte: Giovani Urio sobre reprodução

Os contos Eram duas ventarolas, de Ana Carolina Schmidt Ferrão, de 30 anos, e A espera, de João Pedro Burzlaff Lopes, de 32 anos, ambos autores inéditos do Rio Grande do Sul, foram dois dos vencedores do 1º Prêmio Literário Máquina de Contos. O terceiro conto premiado foi O peixe já está morto, de Lara Firmino Araújo, de 36 anos, moradora de Minas Gerais.

Cada autor assinará contrato para seu conto ser publicado na plataforma digital Máquina de Contos e receber uma premiação em dinheiro no valor de R$ 2 mil, além de um troféu exclusivo. O resultado completo, incluindo os três textos vencedores e 10 contos laureados com Menção Honrosa, está disponível no site do prêmio (link externo).

Com inscrições abertas de 15 de janeiro a 30 de abril, o 1º Prêmio Literário Máquina de Contos teve 1344 autores inscritos em todos os estados do Brasil e no Distrito Federal. Desse total, o maior número de participantes foi em São Paulo (379), Rio de Janeiro (209), Minas Gerais (137) e Rio Grande do Sul (112).

Dos inscritos, 53% são homens e 47% são mulheres. A maior faixa etária (40%) está entre 23 e 34 anos. Cerca de 500 autores, ou seja, mais de um terço dos candidatos, têm menos de 30 anos. E 99 participantes, ou aproximadamente 7% do total, têm 60 anos ou mais. O autor mais jovem está com 18 anos, enquanto o mais velho completou recentemente 87 anos.

A premiação tem como proposta estimular a cultura brasileira por meio da revelação de novos talentos da literatura. Com tema livre, o prêmio admitiu inscrições de autores brasileiros, maiores de 18 anos, que não tenham publicado comercialmente livros completos, em mídia eletrônica ou impressa, permitindo autores que tenham colaborado em coletâneas. A comissão julgadora foi formada por Tiago Velasco, escritor e doutor em Literatura, Cultura e Contemporaneidade, e por Sérgio Tavares, escritor e crítico literário.

Os autores vencedores farão agora parte de um catálogo composto por escritores premiados e renomados da literatura contemporânea brasileira, dentro de uma plataforma com mais de 1 milhão de leitores em potencial.

A Máquina de Contos é um serviço digital que entrega, todo mês, um conto na forma de e-book aos clientes de empresas como a Algar Telecom e a Claro NXT (antiga Nextel). O leitor pode fazer a leitura online ou por meio de download e ter a posse definitiva do texto.

Entre os autores que já publicaram e que irão publicar na Máquina de Contos em 2021, estão nomes como Adriana Lisboa, Patrícia Melo, Luisa Geisler, Santiago Nazarian, Miriam Mambrini e Maurício de Almeida. No mês de maio, o serviço oferece aos seus clientes um conto do consagrado e multipremiado escritor Itamar Vieira Junior.

A lista com os 10 contos selecionados como Menção Honrosa está disponível também no site do prêmio (link externo).

Apoie Literatura RS

Ao apoiar mensalmente Literatura RS, você tem acesso a recompensas exclusivas e contribui com a cadeia produtiva do livro no Rio Grande do Sul.

Literatura RS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s