AGES: Carta de repúdio à censura do livro ‘Olhos d’água’ de Conceição Evaristo

Edição: Vitor Diel
Arte: Giovani Urio sobre foto de Gislene Sapata Rodrigues

Volta e meia nos chega a notícia de que um livro foi censurado numa instituição de ensino, em acervos de compras governamentais, ou no tribunal implacável da internet. Essa prática não é de hoje. Os livros sempre representaram uma ameaça ao conservadorismo. Eles já foram queimados em praça pública, tiveram suas edições interditadas e seus escritores e editores perseguidos. É notícia velha, mas não deixa de causar indignação.

No momento, a informação que nos chega pela imprensa é de que o novo episódio de censura a um livro literário parte de uma instituição privada de Salvador, na Bahia, o Colégio Vitória Régia. Pais questionaram a escolha de uma professora pelo livro Olhos d’água, da grande Conceição Evaristo, o que ocasionou o afastamento da educadora de junto de sua turma de ensino.

Conceição é mineira, Mestra em Literatura Brasileira, Doutora em Literatura Comparada, premiada no Brasil e com contos traduzidos para diversos idiomas. Sua obra é estudada e reconhecida nos meios acadêmicos. Além disso, seu livro Ponciá Vicêncio é leitura obrigatória para o Vestibular da UFRGS, assim como outros de seus livros são referência em universidades pelo Brasil a fora.

Ao saber da censura de Olhos d’água em um ambiente escolar, a AGEs não pôde deixar de se solidarizar com a professora, que teve seu espaço de fala silenciado, e com a escritora, cuja obra literária sofre impedimento obscurantista possivelmente originado no racismo estrutural que ainda insiste em pautar o comportamento da sociedade brasileira.

Há alguns anos, Conceição Evaristo esteve na programação da Feira do Livro de Porto Alegre. Naquele momento, conversou com alunos de escolas públicas e privadas da capital. O registo fotográfico, realizado pela bibliotecária Gislene Sapata, traduz um pouco do que foram aqueles encontros.

No detalhe, temos os alunos de uma escola particular que leram, imagine só, Olhos d’água. Houve mediação, envolvimento, emoção e uma possibilidade de mudança profunda, tão importante para um Brasil fraturado socialmente.

Mas por que em alguns espaços a obra é censurada?

Talvez porque, ao entrarmos em contato com este livro, tenhamos um panorama de injustiças, de um passado que insiste em se manter presente. Essa realidade coloca em xeque os privilégios de uma elite atrasada, mas ainda com muito poder. O Brasil atual é o retrato dos contos de Evaristo. Eles dialogam com séculos de servidão forçada. Ela escreve aquilo que grita ontem e hoje, perpassando o tempo num país náufrago, sem respostas, que engatinha às cegas num ensaio de democracia.

Em instituições que se pretendem humanizadoras, inovadoras, formadoras de valores e que tenham como princípio a Palavra de Deus, posturas clientelistas são no mínimo anacrônicas, hipócritas e equivocadas. Não é possível retroceder na luta antirracista.

Viva a Literatura! Viva Conceição Evaristo!

Associação Gaúcha de Escritores

Apoie Literatura RS

Ao apoiar mensalmente Literatura RS, você tem acesso a recompensas exclusivas e contribui com a cadeia produtiva do livro no Rio Grande do Sul.

Literatura RS

Uma resposta para “AGES: Carta de repúdio à censura do livro ‘Olhos d’água’ de Conceição Evaristo

  1. A grande escritora Conceição Evaristo é uma das personagens do episódio-11 da série Libertárias, Libertários, Libertárix, que está sendo exibida na TV Cultura todos os domingos ás 22h. É fantástica. Daquelas que se fossemos um país sério, faria até parte da grade curricular nas escolas de ensino médio.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s