Rua da poesia e da música

Sarau e show no dia 14 de dezembro celebram 35 anos de poesia de Liana Timm e lançamento da antologia ‘A Dimensão da Palavra

Edição: Vitor Diel sobre texto da assessoria
Arte: Giovani Urio sobre foto de Luis Ventura

Artista multimídia, arquiteta, poeta e designer são algumas das faces de Liana Timm, que completa, em 2021, seus 35 anos de poesia. Para celebrar essa trajetória, Liana vai transformar a Rua Giordano Bruno, no bairro Rio Branco, na Rua da Poesia e da Música, com sarau e apresentação musical na terça-feira, 14 de dezembro, a partir das 18h30, em frente à Empório Nouveau (Rua Giordano Bruno, 13 – Porto Alegre/RS). Liana vai dividir o palco com o violonista Gilberto Oliveira. No sarau, Janaina Pelizzon, Cátia Castilhos Simon, Dione Detanico, Jane Tutikian e Luciana Éboli vão interpretar textos que marcam a trajetória poética da escritora. Durante o evento, também será lançado o livro A Dimensão da Palavra, da Editora Território das Artes, uma antologia que reúne em 494 páginas poemas de 18 livros de poesia publicados pela artista.

Nascida em Serafina Correia, Liana é cidadã de Porto Alegre, onde mantém seu atelier em permanente ebulição, ao mesclar manualidade e tecnologia, conceito e materialidade, história e contemporaneidade. As intensas vivências de Liana foram traduzidas em 76 exposições individuais (e outras 130 coletivas). Em sua trajetória, também foram produzidos 64 livros, sendo 18 individuais de poesia – que integram a seleção de A Dimensão da Palavra.

Liana faz da arte sua vida e da poesia sua forma de expressão. “Escolher a palavra certa que rime com nosso interior é mais que rimar a sílaba forçando uma artificial musicalidade. É harmonizar o prazer da estética que, espontaneamente, busca se aconchegar em outras palavras carregando-as de significações. Na poesia testamos, com a sonoridade de nosso coração, todo verso que atravessando o corpo despreza qualquer tradução. Há mais ou menos 12.775 dias vivo a poesia sem intervalos nem concessões. Na solidão da escrita sou tudo o que quiser ser!”, revela a artista.

Esse constante movimento foi reconhecido com 17 premiações. Entre elas, o Prêmio de Melhor Livro do Ano na categoria Poesia, da Associação Gaúcha de Escritores (AGES) para Água passante (2010) e Os potes da sede (2012). O primeiro, nas palavras da crítica literária, ex-professora da UFRGS, da PUC e ex-diretora do Instituto Estadual do Livro (IEL), Léa Masina: “Liana oferece ao leitor um mergulho nas profundezas de uma estética em constante movimento, apreendida na fragmentação das coisas e na possibilidade de uni-las provisoriamente, sem deixar-se aprisionar pela estrutura previsível e imediata da realidade”.

Palavras em movimento

A revelação de sua reconhecida escrita poética ao público ocorreu em 1986, com a sua primeira publicação individual: “Amenas Inferências”, que inclui o diálogo da poeta em fina consonância com Cecília Meireles e Mário Quintana, em um mesmo poema. “Com a primeira, não só por dedicar-lhe explicitamente, iniciando com os seguintes versos: sede assim/ alguma coisa simétrica convidando o leitor/leitora a aderir a um quase total consenso da simetria. E finaliza em modo irônico de um Quintana, com suas melhores tiradas: portanto/ sede assim/ alguma coisa simétrica/ é um equívoco/ não querer ser/ como a maioria dos homens. O eu lírico ironiza a condição da criação estar sob a predominância da perspectiva do masculino. Nesse primoroso diálogo entre poetas, expandem-se campos de força e ganham os leitores”, analisa Cátia Simon, doutora em Estudos da Literatura Brasileira, Portuguesa e Luso-africanas, pela UFRGS, e responsável pelo texto de apresentação de A Dimensão da Palavra.

Sobre outra obra, Os Potes de Sede, a escritora gaúcha Jane Tutikian descreveu: “Constitui um inventário da vida em poemas. Aliás, esta e a sua matéria de criação: o cotidiano que conhecemos apreendido de uma forma outra, a de quem sabe que a vida já começa finda, de quem nasceu meio velha/contestando os limites do berço/querendo de pronto/aterrissar no deserto de um assombro. Para a poeta, a palavra em si rompe o dicionário dos sentidos, abre-se ao leitor em possibilidades múltiplas de ressignificação, entre o poema que me escreve e o poema que inscreve no meu dorso”.

Antes de A Dimensão da Palavra, sua mais recente publicação poética havia sido O Íntimo das horas, de 2019-2020, uma antologia organizada pela escritora Dione Detanico, que reúne poemas selecionados de 8 livros de poesia já publicados por Liana. De cada um deles, Dione escolheu cerca de 10 poemas para compor um caleidoscópio do universo da poeta, que trouxe à tona o inapreensível a olho nu, numa poética que reconfigura o óbvio da existência. O escritor Alexandre Brito, na primeira orelha, assegura que esse livro “sacode o cristal das palavras como um idioma novo”.

“A obra de Liana Timm é água fresca para quem tem sede de liberdade, expressão cara e inegociável para a arte. Com ela é possível testemunhar o vigor dos apaixonados pela descoberta, dos que não temem enfrentar dragões despertos nem descer aos infernos em meio a labaredas. Por sua poética há medusas e anjos, barro e areia translúcida, oceanos e chuva fina, e o gosto pelo azul”, define Cátia Simon na apresentação de A Dimensão da Palavra.

Serviço

Poesia & Música na Rua com Liana Timm e lançamento do livro A Dimensão da Palavra
Show com Liana Timm e Gilberto Oliveira
Em frente à Empório Nouveau (Rua Giordano Bruno, 13 – Porto Alegre/RS)
14 de dezembro, às 18h30
Vagas limitadas (70 lugares)
Confirmar presença até 5 de dezembro pelo whatsapp (51) 9148-3592, informando nome completo

A Dimensão da Palavra
Liana Timm
494 p.
Território das Artes

Apoie Literatura RS

Ao apoiar mensalmente Literatura RS, você tem acesso a recompensas exclusivas e contribui com a cadeia produtiva do livro no Rio Grande do Sul.

Literatura RS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s