Os desvios e as bifurcações do eu

Novo romance de Kleiton Ramil é uma viagem interior que expõe a razão à inesperada virtude da escolha

Edição: Vitor Diel sobre texto da assessoria
Arte: Giovani Urio sobre foto de divulgação

Beto, gaúcho de Porto Alegre, estudante de Literatura, parte de férias para uma reserva ecológica no litoral do Uruguai. Recém-chegado da grande cidade, depara-se não apenas com a silenciosa natureza bruta, mas com um fluxo contrário que faz seu corpo se alterar, como se quisesse virá-lo do avesso: é apenas Beto resistindo ao desapego.

Em conflito com a própria consciência, o protagonista segue por trilhas bifurcadas, acompanhando os rastros de quem está à sua frente, tendo pelo caminho encontros e surpresas ora banais, ora fantasiosas. É nesse espaço, onde o fantástico se sobressai, que o gaúcho se estabelece. É nele que contesta não apenas o outro, mas a si mesmo.

Este é o ponto de partida da narrativa de Altos de la Serena, novo romance do músico e escritor Kleiton Ramil. Uma história de redescobertas e uma jornada de introspecção que é afetada a todo momento pelos encontros em suas diversas formas de reciprocidade. Contador de histórias experiente, Kleiton entrega para os leitores um itinerário por uma subjetividade repleta de conflitos, assombros e diálogos internos de um personagem que a todo momento olha para si mesmo e para o mundo ao seu redor.

Confira um trecho abaixo:

A música vem do chalé com telhado de juta. Como é bonita a casa. Parece a manifestação real de um sonho. Estico o ouvido e escuto a voz de uma mulher acompanhada pelo violão. É voz feminina? Pode ser um Matogrosso, um contratenor, um timbre particular que não de uma soprano. Confunde meus ouvidos. Pode ser apenas uma ilusão como o cão que cão não é.

Concentro minha atenção que esquecera da beleza do lugar. Minha alma é agora escrava das notas musicais, do timbre peculiar da voz que soa. Sinto tesão pelo som que penetra até o plexo solar, chega à zona erótica que, adormecida, diante de tanta beleza desperta selvagem fazendo um volume em minha bermuda. Olho para todos os lados. Vergonha? Apenas alguns pássaros de rabos bifurcados. Tesourinhas? Como é mesmo o nome? Alma-de-gato? Não, esses são enormes. Mas o que vejo, na parte detrás, é um que de repente se transforma em dois, uma tesoura com duas lâminas macias.

Altos de la Serena está disponível pela Editora Bestiário (link externo) e nas livrarias. A obra ganha sessão de autógrafos no dia 28 de abril, às18h, na Livraria Raízes (Rua Quintino Bocaiúva, 27 – Loja 9, Bairro Floresta, Porto Alegre/RS).

Sobre o autor
Kleiton Ramil é um leitor assíduo e escritor desde a mais tenra idade. Sua vida profissional, de enorme sucesso, gira sobretudo em torno da música, mas há algumas décadas seus livros e textos tem surgido com repercussão em todo país. Em destaque, dos oito livros publicados, dois ensaios sobre material onírico, Sonhos e Sonhadores e Memórias de um sonhador, e seu mais recente livro, o romance Kyoto, foram muito bem recebidos pela crítica e leitores de todo país. Dedica-se à sua prestigiada carreira na música popular brasileira, com o duo Kleiton & Kledir.

Altos de la Serena
Kleiton Ramil
158 p.
R$ 42
Editora Bestiário
Compre aqui (link externo)

Apoie Literatura RS

Ao apoiar mensalmente Literatura RS, você tem acesso a recompensas exclusivas e contribui com a cadeia produtiva do livro no Rio Grande do Sul.

Literatura RS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s