Novo romance de Jéferson Assumção discute a brutalização como fuga

Edição: Vitor Diel
Arte: Giovani Urio sobre foto de Joana França

Violência, ressentimento e o lugar do sujeito masculino na sociedade são alguns dos elementos sugeridos pela história de O Berço de Judas, novo romance de Jéferson Assumção que chega pela Editora Taverna. A obra será lançada no sábado, 14 de dezembro, a partir das 19h, na Livraria Taverna (Rua Fernando Machado, 370 – Centro Histórico – Porto Alegre/RS).

O livro conta a história do ex-gráfico e agora lutador Yuri F. Rodriguez. Incomodado com a crescente brutalidade e infantilização do mundo ao seu redor, o alto e magro gráfico e escritor Yuri toma uma decisão improvável. Vira um enorme lutador de luta livre que, após meses de exercícios e remédios, se torna imbatível no ringue. Adota o nome de Astronauta Cinzento, que remete à infância e à necessidade de cumprir uma promessa feita ao pai, morto numa briga.

Nessa jornada de violência, desconstrução e reconstrução de sua identidade, descobre o amor em uma ativista sexual, politicamente engajada na transformação da sociedade, chamada Stela. A nova relação lança o protagonista para um novo ponto de virada, garantindo agilidade à trama.

Berço de Judas é o primeiro volume do tríptico O Inferno dos Sentidos, que será lançado pela Taverna até 2021. Os demais títulos são Os Beatles Negros e Homem-rã. O nome tríptico remete às obras do pintor renascentista Hieronymus Bosch (1450-1516), de O Carro de Feno, O Jardim das Delícias e As Tentações de Santo Antão, todos com três quadros cada e uma moldura tríptica.

Embora independentes entre si, o pano de fundo dos três romances é o êxodo rural brasileiro, dos anos 60 e 70, em que o aumento repentino e violento das populações das regiões metropolitanas inchou o entorno das capitais com enormes impactos sociais, econômicos e culturais até hoje. “Algo que ficou durante décadas como intermediário entre o interior e a capital. É preciso compreender melhor este mal-entendido Brasil tão profundo quanto os mais invisibilizados sertões e cerrados brasileiros, com suas relações sociais, econômicas e culturais próprias”, diz Assumção. Ao todo, os três livros abarcam cerca de 50 anos desse fundo social e cultural vividos pelos personagens.

Sobre o autor
Jéferson Assumção nasceu em Santa Maria/RS, em 1970. É autor de mais de 20 livros, entre romances, contos, livros infanto-juvenis e de não-ficção. Doutor em Filosofia pela Universidade de León (Espanha), fez pós-doutorado em Literatura na Universidade de Brasília (UnB). Ministra Oficina de Escrita Criativa, em Brasília e Porto Alegre, onde mora. Junto com a família, na década de 70, Assumção saiu de Santa Maria com quatro anos para Canoas, onde, antes de estudar filosofia, trabalhar em jornais e escrever dezenas de livros, foi camelô na década de 80.


Berço de judas
Jéferson Assumção
Romance
240 p.
14 x 21 cm
978-85-94265-08-1
R$ 54,90
Editora Taverna

Apoie Literatura RS

Ao apoiar mensalmente Literatura RS, você tem acesso a recompensas exclusivas e contribui com a cadeia produtiva do livro no Rio Grande do Sul.

Literatura RS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s