Minha rotina: Antônio Schimeneck

Edição: Vitor Diel
Arte: Giovani Urio sobre foto de acervo pessoal

“Já tive a experiência de ser assaltado e levarem o computador e o bloco de rascunho com a primeira versão do (livro) Horas Mortas, em 2015″, revela Antônio Schimeneck, autor gaúcho dedicado à LIJ e que coleciona participações em eventos literários pelo estado. Em seus encontros com crianças e adolescentes, empolga o público com sua criatividade e conversa afetuosa. Sócio na Ama Livros Distribuidora, é formado em Letras pela Unisinos, fez o Curso de Escrita Criativa da PUC com Luiz Antônio de Assis Brasil e cursou Especialização em Literatura Brasileira na UFRGS. Suas obras já receberam algumas distinções, como Acervo Básico da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, Selo Altamente Recomendável, Catálogo de Bolonha, Finalista do Prêmio Jabuti, Prêmio Açorianos de Literatura, Prêmio Livro do Ano – AGEs, Prêmio Selo Cátedra 10, e já foram também adquiridas pelo Programa Biblioteca Itaú e pelo PNLD Literário. Nesta conversa, o convidado e apoiador de LRS conta algumas particularidades de seus processos de trabalho e rotina de escrita e leitura.

Você tem uma rotina para escrita? Você escreve diariamente?
Como sou sócio de uma pequena distribuidora, a Ama Livros, meu tempo de escrita é reduzido. Ou no início da manhã ou no final da tarde. A assiduidade depende também do prazo que tenho para finalizar um texto. Já tive a experiência de ter um tempo determinado para dar conta de uma narrativa e me dei bem com essa “responsabilidade”. Descobri que produzo bem sob pressão!

Você elabora algum planejamento para a produção dos seus livros?
Gosto de criar roteiros para minhas histórias, mesmo que depois tudo mude completamente. Faço isso em blocos ou cadernos que acabo guardando como processo de criação. Mesmo uma revisão de texto, gosto de imprimir o original, ter uma dimensão física do escrito. Crio os perfis das personagens, faço pesquisa de discurso, tudo nesses cadernos.

Fotos: acervo pessoal

O que você faz para distrair-se do trabalho da escrita?
Como não faço só isso, cada momento que tenho de escrita é intenso, então não sobra muito tempo para distração. Mas amo trilha sonora para escrever. Sou doido por música, então, ela é companhia inseparável.

Qual plataforma ou editor de texto você utiliza para escrever? Por quê? E como organiza os arquivos?
Livros para a infância eu gosto de escrever no PowerPoint porque aí já organUtilizo o Word. Salvo tudo no Dropbox, pois já tive a experiência de ser assaltado e levarem o computador e o bloco de rascunho com a primeira versão do Horas Mortas, em 2015. Organizo os arquivos em pastas com o nome de cada projeto publicado ou em processo de escrita, e uma pasta só para ideias.

O que um escritor precisa para escrever?
Acredito que, por mais clichê que isso possa soar, o escritor precisa da matéria prima: a leitura. E que ela seja diversa. Acredito também que um bocado de paixão pela invenção através da palavra seja imprescindível. Essa coisa de viver uma outra realidade que não o arroz com feijão do cotidiano. Quando me deparo com essa possibilidade de criação que foge do normal, vem o lance da realização. Fiz algo bom, diferente. É isso.

O que você está escrevendo no momento?
No momento, estou envolvido em vários projetos, todos em conjunto com outros escritores: uma coleção de Mitologia Grega com a Rosana Rios, um livro sobre descobertas homoafetivas com a Anna Claudia Ramos, uma novela com o Juares Souza, um conto para uma coleção sobre Direitos Humanos de uma editora do Paraná e um texto cheio de mistério a doze mãos com meu grupo querido criado durante a quarentena, o Seis + um.

Horas Mortas
Antônio Schimeneck, Rodrigo Cambará ils..
120 p.
16 x 23 cm
978-85-9064-51-08
R$ 39,90
Ama Livros

Apoie Literatura RS

Ao apoiar mensalmente Literatura RS, você tem acesso a recompensas exclusivas e contribui com a cadeia produtiva do livro no Rio Grande do Sul.

Literatura RS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s