Autores e editoras do RS entre os finalistas do Jabuti 2020

Edição: Vitor Diel
Arte: Giovani Urio sobre fotos de divulgação

Foram anunciados na quinta-feira, 22 de outubro, os livros e autores finalistas da primeira fase do 62º Prêmio Jabuti de Literatura. Com 2.259 inscrições, 20% a mais do que em 2019, o prêmio revela os dez finalistas em cada uma das vinte categorias na lista preliminar. Os cinco finalistas definitivos serão anunciados em 5 de novembro no site do prêmio. Literatura RS selecionou os livros de autores e editoras do Rio Grande do Sul presentes. Confira abaixo.

Eixo Literatura, categoria conto

Sombrio Ermo Turvo, de Veronica Stigger (Todavia)
Sombrio, Ermo e Turvo são os nomes de três cidades de Santa Catarina. A partir desses três topônimos pouco usuais e altamente sugestivos, a autora aprofunda sua concepção de uma literatura voltada ao humor ácido, ao absurdo, à observação da violência. Este grupo de ficções de Veronica Stigger — contos, causos, epifanias, poemas e textos de inspiração teatral — oferece, com sua variedade de forma e ritmos, um conjunto absolutamente irresistível, aterrador e risível de nossas fragilidades (do corpo e da mente). Veronica Stigger nasceu em 1973, em Porto Alegre. É escritora, crítica de arte e professora universitária. É autora de romances, contos, crônicas e livros infantis. Finalista do Prêmio Fato Literário em 2010; vencedora dos prêmios São Paulo de Literatura e do Açorianos, e finalista do Portugal Telecom (atual Oceanos) em 2014 por Opisanie świata; Prêmio Jabuti em 2017 por Sul.

Eixo Literatura, categoria juvenil

100 mil seguidores, de Luís Dill (Casa 29)
Carolina sonha com mais seguidores e não teme a exposição. Ana, sua irmã menor, se tranca no escuro do quarto e abraça a solidão. Ticiana, única amiga de Ana, enfrenta seus demônios com uma lâmina e caminha para um ato dramático. Três meninas à deriva em uma pequena cidade do interior. Mergulhadas nas redes sociais, navegam em um mar cheio de armadilhas, onde o glamour e o fake aparecem misturados. Luís Dill nasceu em Porto Alegre em abril de 1965. É formado em Jornalismo pela PUC/RS e tem Pós-graduação Lato Sensu em Literatura Brasileira. Com 30 anos de carreira, Dill soma dez livros entre os finalistas do Jabuti. Já foi vencedor do Açorianos e do Prêmio Ages Livro do Ano. Alguns de seus títulos receberam o selo Altamente Recomendável da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil.

Rabiscos, de Luís Dill (Positivo)
Uma narrativa feita em pedaços, como rabiscos, de uma história que precisa ser completada. Mas que, na situação de um menino narrador-escritor, ainda não ganhou formas amadurecidas de escrita. Um conto que não se disfarça em utopias de bondade ou em uma tribuna de divulgação da felicidade infantil. Uma obra importante para a reflexão sobre a responsabilidade e sobre a vida. Obra concorrente também na categoria Capa.

Três dias e mais alguns, de Caio Riter (Ed. do Brasil)
Com um enredo inteligente, esse livro aborda os conflitos vividos pelo adolescente Matias, suas preocupações e reflexões acerca do que se passa em sua família e em seu meio social. Fã da saga Star Wars, esse jovem, que mora com a mãe e os dois irmãos em uma comunidade carente de Porto Alegre, nos emociona com sua forma de ver a vida, de lutar contra injustiças, de ser e estar no mundo. Caio Riter é professor, mestre e doutor em Literatura Brasileira, membro da Academia Rio-grandense de Letras. Autor de vários livros, com os quais recebeu algumas distinções literárias, como os prêmios Açorianos, Barco a Vapor, AGEs, Orígenes Lessa e Selo Altamente Recomendável, entre outros. Já publicou livros de poesia para a infância e para a adolescência.

Eixo Literatura, categoria romance de entretenimento

A Deusa no Labirinto, de Karen Soarele (Jambô Editora)
No oeste do mundo conhecido, o Império de Tauron se ergue supremo Em uma terra onde os fortes oprimem os fracos com a justificativa de protegê-los, elfas e humanas são mantidas escravas nos haréns dos minotauros. Assim determina a lei do império, concebida conforme a lei divina do Touro em Chamas. Ninguém se opõe. Nem os senhores, satisfeitos com o poder acumulado, nem os servos, doutrinados a obedecer. Os outros reinos, temerosos das legiões táuricas, se acovardam. Os deuses, indolentes, apenas assistem à miséria dos mortais. Todos fecham os olhos para a perversidade da escravidão. Chegou a hora de fazer algo a respeito. Em A Deusa no Labirinto, Karen Soarele (A Joia da Alma) aborda a mais controversa das sociedades de Arton. Um farol de paz e progresso em um mundo selvagem, a civilização táurica alcançou a glória, mas a um custo terrível. Quando uma elfa decide agir contra este regime, desencadeia eventos que irão mudar para sempre o Império de Tauron, o Reinado de Arton e o próprio Panteão.

Lauren, Irka Barrios (Caos & Letras)
Lauren é uma pré-adolescente de uma cidade interiorana que enfrenta os dilemas da adolescência, a descoberta da bissexualidade, o bullying na escola, o moralismo religioso e, ainda de precisa lidar com fenômenos sombrios e misteriosos que a rodeiam. A cidade fictícia onde se passa a trama é repleta de lendas que envolvem assassinato, bruxaria e satanismo. Irka Barrios é contista e novelista, mestre em Escrita Criativa (PUCRS). Premiada no Concurso Brasil em Prosa (2015) com o conto O coelho branco. Atua na organização do coletivo Mulherio das Letras – RS. Tem contos publicados nos livros Língua Rara (Ediciones Outsider, 2017), Cem anos de amor, loucura e morte” (Editora Moinhos, 2017) e Não culpe o narrador (Editora Bestiário, 2018).

Viajantes do abismo, de Nikelen Witter (AVEC Editora)
Distopia steampunk sobre desertos que avançavam cobrindo cidades e sobre um mundo à beira da destruição. Da gente desse mundo, de sua alienação e da violenta guerra em que se perdeu. Esta é a história de uma mulher que fazia curas e de sua amiga, que dirigia um bordel e de como elas enfrentaram tudo isso. Nikelen é historidadora e professora em Santa Maria. É autora de Territórios Invisíveis – finalista do Prêmio Argos de melhor romance fantástico (2013); Guanabara Real e a Alcova da Morte, com Enéias Tavares e AZ Cordenonsi – Vencedor do Prêmio Le Blanc de melhor romance fantástico nacional (2018) e do prêmio AGES de melhor romance juvenil (2018), além de inúmeros contos em coletâneas, entre eles Mary G., finalista do prêmio Hydra (2014). Foi organizadora do Odisseia de Literatura Fantástica nos anos de 2012 a 2014. Livro já resenhando em LRS.

Eixo Literatura, categoria Romance

Marrom e amarelo, de Paulo Scott (Alfaguara)
Federico, o narrador, é chamado para uma comissão em Brasília, instituída pelo novo governo, para discutir o preenchimento das cotas raciais nas universidades. Em meio a debates tensos e burocracias absurdas, ele se recorda de eventos traumáticos da infância e da juventude. Este é um livro que retrata diferentes aspectos de um Brasil distópico, conflagrado, da inércia do comando político à crônica tensão racial de toda a sociedade e seus impactos na relação de Federico com sua família, em especial com seu irmão Lourenço. Paulo Scott nasceu em Porto Alegre, em 1966. Escritor e professor universitário, publicou doze livros. Recebeu os prêmios Machado de Assis, da Fundação Biblioteca Nacional, APCA, Açorianos de Literatura, entre outros, e foi finalista de prêmios como Jabuti e prêmio São Paulo de Literatura. Vive atualmente em São Paulo.

Eixo Ciências Sociais

O novo conservadorismo brasileiro, de Marian Basso Lacerda (Zouk)
Publicado pela casa editorial porto-alegrense, este livro trata do paralelo entre a ascensão do neoconservadorismo nos Estados Unidos no fim da década de 1970 e o surgimento do novo conservadorismo no Brasil a partir de meados de 2015 – que culmina com a eleição de Jair Bolsonaro à Presidência da República.

Apoie Literatura RS

Ao apoiar mensalmente Literatura RS, você tem acesso a recompensas exclusivas e contribui com a cadeia produtiva do livro no Rio Grande do Sul.

Literatura RS

Uma resposta para “Autores e editoras do RS entre os finalistas do Jabuti 2020

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s