Apocalipse zumbi à moda brasileira

Edição: Vitor Diel com texto da assessoria
Arte: Giovani Urio

“Acredito que para nós brasileiros, que crescemos sendo entupidos com produtos e histórias americanas, fora o pensamento de que o que é daqui é ruim e o que é de fora é bom, conseguir desenvolver narrativas que representam nosso povo e nossa cultura é uma barreira a ser ultrapassada”. Esta é a perspectiva que o gaúcho John Miler aplica à história de Como sobreviver ao apocalipse zumbi, com a sua mãe!, e-book que já está disponível para os leitores.

A história nasceu no Wattpad, rede social de escrita e leitura que conecta autores e leitores. A obra foi então transposta para o formato livro com os serviços editoriais da Mufasa Cloud, editora especializada em livros digitais. A partir daí, a comédia juvenil tem conquistado cada vez mais seu público.

Em Como Sobreviver ao apocalipse zumbi, com a sua mãe!, acompanhamos Edmilson, um adolescente que sempre foi apaixonado pela cultura pop vivendo um apocalipse zumbi no mundo real, e tendo que lidar com o fato de que a vida não é um filme norte-americano. Ele sempre imaginou como seria viver um momento como esse, mas esqueceu que sua mãe também estaria na mesma situação, junto com seu tio de meia idade que sonha em ser cineasta. Assim, o trio parte em uma aventura cômica pela própria sobrevivência. A obra carrega diversas referências da cultura popular, desde George Romero até Raça Negra. A narrativa de Douglas Adams, autor de O Guia do Mochileiro das Galáxias, foi uma das principais influências na escrita do jovem.

Segundo a editora, o livro foi classificado como best-seller pela Kobo e está disponível em todas as plataformas de streaming para leitura.

Sobre o autor
John Miler é um escritor gaúcho de 26 anos, nascido em Santana do Livramento. Vindo de infância pobre, sempre deu um jeito de se divertir junto com seus dois irmãos mais novos, com quem desde cedo criava histórias, jogos e aventuras. Tudo mudou quando, por volta dos 13 anos, descobriu uma biblioteca comunitária no bairro. O filho do idealizador do projeto era um colega de escola e foi o responsável por lhe apresentar o primeiro livro que se lembra de ler: O rapto do garoto dourado, da coleção Vagalume. Daí em diante, mergulhou em um mundo completamente novo e percebeu que na literatura poderia encontrar um lugar seguro para criar mundos completamente novos.

Como sobreviver ao apocalipse zumbi, com a sua mãe!
John Miler
138 p.
Editora Mufasa Cloud
Gratuito
Disponível aqui (link externo)

Apoie Literatura RS

Ao apoiar mensalmente Literatura RS, você tem acesso a recompensas exclusivas e contribui com a cadeia produtiva do livro no Rio Grande do Sul.

Literatura RS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s