Poemas de encantamentos e anunciação

Edição: Vitor Diel com texto da assessoria
Arte: Giovani Urio

Alguma coisa vai acontecer é que o eu lírico repete feito ladainha em Revelação, poema que integra o livro Grimório na língua das mulheres, de Daphini Couto. Aliás, é mais correto dizer a eu lírico, pois em vários momentos a voz que fala através dos textos se anuncia explicitamente como mulher. Uma mulher incorpora a pele da poesia e constrói uma coleção de cânticos profanos, de profecias e conjuros; o verbo se propõe mágico, se lança como praga, bênção, como encantamento – e como declaração de amor.

Isadora Dutra escreve na apresentação: “Explorando imagens apocalípticas e referências diversas recuperadas dos textos bíblicos, das cartas do tarô, da astrologia e da literatura de Hilda Hilst, a poeta constrói seu universo abissal em que a força orgânica de tudo a sua volta deságua no sentimento fervoroso que lhe vem do próprio fazer poético e do desejo de falar a alguém para quem se dirige ao longo dos poemas. Se tem lama ou fogo nos pés, essa voz feminina, que declara em voz alta a sedução do encontro com a outra voz a quem busca, não cede aos limites desse mundo coberto de tons vermelhos, sabedora das próprias asas”.

Confira abaixo o poema Copas.

Das xícaras de café e de chá
e dos cálices sagrados
dos copos de água mineral
e até das mãos juntas em formato de concha
tudo que é recipiente
e acolhe líquidos, mantém o fluxo imóvel
uma superfície lisa que serve como espelho
para refletir nossa imagem e para matar a sede
para embriagar e até matar com veneno
tudo o que é côncavo e guarda dentro
reservando em silêncio para depois se oferecer às bocas e às gargantas.

Sobre a autora
Daphini Moraes Couto nasceu num dos dias mais quentes do ano de 1998 em Porto Alegre. Aos quinze anos resolveu desafiar as regras de Deus se metendo com o mágico e o oculto, depois com mulheres, e por fim com poesia. Hoje, continua com manias corajosas (ou inconsequentes) como estar metida com licenciatura, sendo aluna do curso de Letras da UFRGS. Além de poeta feiticeira e professora, também é madrasta da criança mais legal do mundo.

Grimório na língua das mulheres
Daphini Couto
108 p.
Editora Patuá
R$ 40
Compre aqui (link externo)

Apoie Literatura RS

Ao apoiar mensalmente Literatura RS, você tem acesso a recompensas exclusivas e contribui com a cadeia produtiva do livro no Rio Grande do Sul.

Literatura RS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s