Érico Espíndola estreia na Literatura com livro de poesia

Obra é rica em referências a George Harrison, John Frusciante, Kurt Cobain e David Bowie

Edição: Vitor Diel sobre texto da assessoria
Arte: Giovani Urio sobre reprodução

Retina cristalina. Pérolas endiabradas. Goles de gin com toques de alecrim. Esse é o título do e-book de poesia do escritor e músico Érico Espíndola. O livro é um lançamento independente do autor nascido em Porto Alegre. A obra está disponível para download gratuito aos interessados em se aventurar por poemas repletos de referências à cultura pop e à metalinguagem literária. O e-book conta com ilustrações de Nina Borghetti, Jaque Vaz e do próprio Érico Espíndola, responsável pela imagem de capa. O projeto gráfico e edição é de Jiddu Saldanha. O lançamento do livro de estreia do autor será em um bate-papo online no Instagram @anandazambi, no dia 6 de julho (terça-feira), às 19h, com apresentação da jornalista, escritora e musicista Ananda Zambi.  

O livro conta com três subdivisões: poemas em prosa – Textos Oníricos, mas juvenis. Realidade espiritual e urbana se fundem; prosa poética – A Estrada de chão batido com rumo à Floresta de estrelas); e poesia – Pingos sortidos no caldo grosso desse caldeirão chamado Vida. No conteúdo, destacam-se referências a grandes ícones da música, como George Harrison, John Frusciante e Kurt Cobain, além de uma homenagem à banda gaúcha Os The Darma Lóvers. Mas a onipresença é de David Bowie, seja em epígrafe (o poema O Tempo está tão etéreo traz a recomendação “Para ler ao som de Changes, David Bowie”) ou como inspiração para o próprio texto, como acontece em Hunky Dory, bálsamo reverberante no espaço-tempo

O jovem autor, de 21 anos, também reflete sobre o fazer literário como em Ímpeto Poético: “Já há algum tempo escrevo textos cotidianos, prosa poética (a oitava maravilha do mundo) e alguns contos, mas acho que a poesia oferece um refresco suave e tropicalmente temperado antes do prato principal para qualquer escritor. Descobri há pouco. Em linguagem simples: muito do ímpeto -o ideal estético, revolucionário, político, amoroso, existencial ou afrodisíaco – que nos leva a escrever um conto, novela, texto namorador, crítica, romance; muito desse ímpeto de formar uma obra com forma e conteúdo se perde durante o processo de escrita. É como se ao iniciar o planejamento do texto e concluir a última frase um amadurecimento de corpo e alma – do escritor e da criação – pedisse atenção.”

Sobre o autor
Nascido e predominantemente vivido em Porto Alegre, filho do músico Frank Jorge e da professora Daniela, Érico Espíndola descobriu a paixão pelo mundo das letras aos 12 anos em aulas de análise sintática. Antes só gostava de rock, futebol e de perseguir as estrelas do céu e as do asfalto. No ano seguinte, ao iniciar as páginas de O Continente, de Erico Veríssimo, e com a leitura de alguns contos de Edgar Allan Poe e de Machado de Assis começou a se enveredar também pela Literatura e não teve dúvida de que faria o curso de Letras. Começou a graduação em 2017, na UFRGS, e desde então exercita, com um misto de entusiasmo e procrastinação, os gêneros de conto, poesia, prosa poética, novela e ensaios. Também é músico, compositor e vocalista na banda Flanelas Desbotadas e guitarrista na Projeto Shaun.

Retina cristalina. Pérolas endiabradas. Goles de gin com toques de alecrim.
Érico Espíndola; Nina Borghetti, Jaque Vaz ils.
40 p.
Edição do autor
Baixe aqui (link externo)

Apoie Literatura RS

Ao apoiar mensalmente Literatura RS, você tem acesso a recompensas exclusivas e contribui com a cadeia produtiva do livro no Rio Grande do Sul.

Literatura RS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s