Tradução de Eduardo Guimaraens para Dante chega pela Libretos

No sétimo centenário da morte do poeta italiano, casa porto-alegrense lança edição ampliada da tradução de 1920 com documentos raros

Edição: Vitor Diel
Arte: Giovani Urio sobre reprodução

Por ocasião do sétimo centenário da morte de Dante Alighieri, o projeto Eduardo Guimaraens por suas netas e netos lança, pela Libretos Editora, a edição ampliada da tradução que Eduardo Guimaraens compôs para o Canto Quinto, do Inferno, em 1920. Eduardo traduziu e publicou o Canto Quinto em formato plaquete, impresso em Porto Alegre, nas Officinas graphicas da Livraria Americana. Para a sua tradução usou a versão editada em Florença, em 1899. A plaquete foi anunciada com entusiasmo pela crítica especializada e sua edição se esgotou rapidamente.

A Commedia, título original da obra de Dante, é um poema épico em três cânticos: o Inferno, o Purgatório e o Paraíso. Deles, Eduardo escolheu o Inferno, e deste, “o mais bello talvez entre os mais bellos da Prima Cantica do Livro eterno”.

Em 1921, foi convidado a proferir a palestra do sarau de abertura das Comemorações do 6° centenário da morte de Dante Alighieri, realizado no Palacete Rocco, no Centro Histórico de Porto Alegre.

Reprodução

A edição ampliada lançada agora, além da plaquete de 1920, com o Canto Quinto em fac-símile e na grafia da época, reproduz trechos originais de duas obras históricas: Lectvra Dantis, de 1899, e La Divina Commedia, de 1902. E com a transcrição da sua conferência no sarau, reprodução de documentos originais e imagens do seu acervo, busca-se trazer um pouco da atmosfera de Eduardo e sua enorme admiração pelo imortal poeta florentino.

Antes de Dante, os livros eram escritos em latim. Por ter escrito em italiano, é considerado o pai da língua italiana. Além de poder comparar o idioma italiano de diferentes épocas, o leitor poderá apreciar as ilustrações da edição original de 1902, de autoria de A. Alessandronelli, A. Razzolini e S. Bicchi (uma edição raríssima do acervo de Eduardo).

O lançamento acontece no dia 24 de setembro, às 19 horas, na Sala Libretos (facebook.com/libretoseditora), com a organizadora da obra Maria Etelvina Guimaraens e os convidados Carlos Frederico Guazelli (colaborador do projeto) e participação especial de Sílvia Guimaraens, designer responsável pelo site http://www.eduardoguimaraens.com.br. A mediação é do escritor e jornalista Rafael Guimaraens.

Apoie Literatura RS

Ao apoiar mensalmente Literatura RS, você tem acesso a recompensas exclusivas e contribui com a cadeia produtiva do livro no Rio Grande do Sul.

Literatura RS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s