Outros modernismos no Brasil

Livro reúne artigos de 42 autores sobre a produção literária brasileira entre 1870 e 1930

Edição: Vitor Diel
Arte: Giovani Urio sobre reprodução

Está em pré-venda o livro Outros modernismos no Brasil: 1870-1930, obra que reúne 42 autores — professores e pesquisadores não necessariamente formados em Letras — em capítulos monográficos dedicados a abranger o maior número de nomes e movimentos do período estudado, que contribuem para a compreensão de “outros modernismos” brasileiros e propõem um olhar menos viciado para a produção literária.

Com uma abordagem que inicia nos anos posteriores à Guerra do Paraguai, à derrota da Comuna de 1871 na França, no tempo da Primeira República no Brasil, e se encerra por volta da Segunda Guerra Mundial, a obra volta-se também à canção popular, ao teatro e à historiografia literária.

Outros modernismos no Brasil: 1870-1930 tem 468 páginas e está disponível com 20% de desconto pelo site da Editora Zouk (link externo). Os exemplares adquiridos na pré-venda serão enviados a partir de 25 de julho.

Sobre os organizadores
Giovanna Dealtry é pesquisadora, crítica literária e professora adjunta de literatura e Cultura Brasileira na Uerj e Doutora em Literatura Brasileira pela PUC-Rio. É pesquisadora do Labelle/Uerj. Autora de No fio da navalha – malandragem na literatura e no samba (Casa da Palavra/FAPERJ), Clara Nunes – Guerreira (Cobogó) e coorganizadora dos livros Alguma Prosa – ensaios sobre a literatura brasileira contemporânea, com Stefania Chiarelli e Masé Lemos (7letras), O futuro pelo retrovisor – inquietudes da literatura brasileira contemporânea, com Stefania Chiarelli e Paloma Vidal (Rocco) e Sérgio Sant´Anna – cartografia crítica, com Igor Graciano (Ed. Carolina). Organizou a primeira edição com notas do volume Vida Vertiginosa (José Olympio), de João do Rio.

Luís Augusto Fischer é professor titular de Literatura Brasileira na UFRGS, é autor de uma série de trabalhos, entre os quais Duas formações, uma história – das “ideias fora do lugar” ao “perspectivismo ameríndio” (Arquipélago, 2021).

Guto Leite (Carlos Augusto Bonifácio Leite) nasceu em 1982 em Belo Horizonte (MG). Linguista pela Unicamp. Especialista, mestre e doutor em Literatura Brasileira pela UFRGS, onde é professor de Literatura Brasileira no Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas. Fez estágio de pós-doutoramento na Universidad de Buenos Aires. Autor de seis livros de poemas, um romance, além de textos diversos publicados em várias coletâneas. Autor de três álbuns autorais de música popular. Ganhador de dois Prêmios Açorianos, um como escritor, outro como compositor popular. Pelo projeto Sesc Mais Leitura, em feiras de livro, congressos, colóquios, seminários etc., já deu mais de cem palestras em diversas cidades do Rio Grande do Sul e do restante do país.

Outros modernismos no Brasil: 1870-1930
Giovanna Dealtry, Luís Augusto Fischer e Guto Leite (Orgs.)
468 p.
Editora Zouk
R$ 71,20
Comprar aqui (link externo)

Apoie Literatura RS

Ao apoiar mensalmente Literatura RS, você tem acesso a recompensas exclusivas e contribui com a cadeia produtiva do livro no Rio Grande do Sul.

Literatura RS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s