Boca Migotto lança livro sobre cinema gaúcho

‘Um certo cinema gaúcho de Porto Alegre ou Como o cinema imagina a capital dos gaúchos’ já está em pré-venda

Edição: Vitor Diel
Arte: Giovani Urio sobre foto de Patricia Larentis

O cineasta Boca Migotto apresenta o livro Um certo cinema gaúcho de Porto Alegre ou Como o cinema imagina a capital dos gaúchos, resultado da sua pesquisa de doutorado, defendida em 2021. O primeiro lançamento presencial será durante o 50º Festival de Cinema de Gramado (Espaço Elizabeth Rosenfeld – junto à Câmara de Vereadores de Gramado – Rua São Pedro, 369 – Fundos), no dia 13 de agosto, às 16h, junto com a obra 50 Olhares da Crítica sobre o Cinema Gaúcho (ACCIRS) e seguido pela apresentação do Portal do Cinema Gaúcho.

A publicação – que deve ter sessões de autógrafos posteriores em Porto Alegre e Interior num futuro próximo – poderá ser adquirida online em pré-venda pelas redes sociais do autor (Facebook e Instagram), com 20% de desconto. A obra, em forma de grande ensaio, é uma adaptação simplificada da tese intitulada A Clube Silêncio e um tal cinema gaúcho de Porto Alegre, realizada junto ao Programa de Pós-Graduação de Comunicação da UFRGS. Escrito na Capital Gaúcha, Paris e Bento Gonçalves, entre 2019 e 2022, o livro tem sua versão literária elaborada sem a rigidez acadêmica, focada no cinema urbano feito em Porto Alegre.

Sobre o autor
I., de Ivanir, Boca Migotto é cineasta, pesquisador, fotógrafo e escritor. Publicitário de formação, cedo se deu conta que estava na área certa – a Comunicação –, mas no curso errado. Largou tudo e foi para Londres. No período em que permaneceu na Inglaterra, frequentou cursos de cinema na Saint Martins College of Arts and Design. Ao regressar ao Brasil, já certo que era com cinema que trabalharia, cursou Especialização em Cinema e Mestrado em Comunicação, ambos pela Unisinos. Nesta mesma instituição, foi professor de Documentário no Curso de Realização Audiovisual, onde permaneceu por dez anos, atuando também em diversas outras disciplinas nos cursos de Jornalismo, Comunicação Digital e Publicidade. O pesquisador concluiu, em 2021, o doutorado em Comunicação pela FABICO/UFRGS, com extensão na Sorbonne/Paris 3. Na capital francesa, finalizou seu primeiro livro de ficção Na antessala do fim do mundo – lançado na 66ª Feira do Livro de Porto Alegre (2020). A partir de então, levou a escrita mais a sério e também começou a escrever uma coluna quinzenal para o site Rede Sina. Como diretor e roteirista, realizou mais de 20 curtas e séries de TV, além dos documentários em longa-metragem Filme sobre um Bom Fim (2015) – um dos títulos mais assistidos do cinema gaúcho, Pra ficar na história (2018), Já vimos esse filme (2017) e O sal e o açúcar (2013).

Um certo cinema gaúcho de Porto Alegre ou Como o cinema imagina a capital dos gaúchos
Boca Migotto
521 p.
Editora Pragmatha
R$ 78

Apoie Literatura RS

Ao apoiar mensalmente Literatura RS, você tem acesso a recompensas exclusivas e contribui com a cadeia produtiva do livro no Rio Grande do Sul.

Literatura RS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s