Colunas

Fernanda Bastos: Good goodbye

“O amor que sinto pela literatura e todas as artes me exige um distanciamento da cena pública, talvez definitivo. Das renúncias que já fiz por esse amor, essa certamente será uma das menos dolorosas”

Leia mais
Colunas

Fernanda Bastos: Potes de ouro

“Há uma sugestão recorrente de mergulharmos em uma competição pouco saudável com estrelas de Hollywood, músicos do Rock in Rio e outras criaturas do showbiz. Mas, somos, afinal, produtores de literatura e, talvez, artistas”

Leia mais
Colunas

Fernanda Bastos: O mercado da biografia

“Em 2021, o espaço da produção negra na literatura de massa ainda é o do exotismo. Tantas décadas depois de Carolina, o grande projeto editorial parece permanecer no espetáculo da produção de um enorme sentimento de pena”

Leia mais