Prêmio Academia Rio-Grandense de Letras lança terceira edição e inclui duas novas categorias

Foto: Luis Ventura
Arte: Giovani Urio

Estão abertas, de 3 de junho a 9 de agosto, as inscrições para a terceira edição do concurso literário da Academia Rio-Grandense de Letras (ARL), que este ano premia, além das categorias Melhor Livro de Poesia, Literatura Infantil e Tese ou Dissertação sobre Literatura Gaúcha, o Melhor Romance e o Melhor Livro de Narrativa Curta (conto ou miniconto).

O Prêmio Academia Rio-Grandense de Letras, conferido anualmente, tem como objetivo destacar autores gaúchos que tenham obra consistente e de qualidade no cenário nacional, assim como promover a crítica literária sobre a literatura gaúcha.

O vencedor do prêmio de melhor livro de narrativa ficcional curta (conto ou miniconto) publicado nos anos de 2017 ou 2018, em primeira edição, receberá o Troféu Simões Lopes Neto. E o de melhor romance publicado nos anos de 2017 ou 2018, também em primeira edição, ganhará o Troféu Alcides Maya.

Será concedido o Troféu Carlos Urbim ao melhor livro de literatura para a infância, independente de gênero, de autor sul-riograndense publicado em 2018, em primeira edição. O melhor livro de poesia publicado no ano de 2018, em primeira edição, receberá o Troféu Alceu Wamosy. E para a melhor tese ou dissertação sobre literatura gaúcha em nível de mestrado ou de doutorado, que tenha como tema a obra de um autor sul-rio-grandense ou um texto literário escrito por autor do Estado (que tenha sido defendida nos anos de 2017 e 2018 em qualquer instituição de ensino superior do país), será entregue o Troféu Dyonélio Machado.

A inscrição deve ser realizada pelo autor ou por alguém que o represente, e exclusivamente pelo Correio, enviada para a sede da Academia (Rua dos Andradas, 1234, conj. 1002 – CEP 90020-008 – Porto Alegre/RS).

O regulamento do prêmio pode ser acessado no site da ARL.

Os troféus serão confeccionados pelo artista visual Lucas Strey. Na data da entrega dos prêmios, a ARL concederá o Troféu Academia Rio-Grandense de Letras – Escritor do Ano a um escritor ou escritora cuja obra seja reconhecida pela qualidade e amplitude, independente de gênero literário a que se dedique. Nas edições passadas foram homenageados Luis Fernando Verissimo e Armindo Trevisan.

Sobre a Academia Rio-Grandense de Letras
A ARL, fundada em 1901, é composta de 40 membros, eleitos por critérios de mérito literário e relevância na cena literária gaúcha. Sua sede preserva uma pinacoteca com obras doadas e uma biblioteca com livros de escritores do Estado, além de documentos de memória da instituição.

Da assessoria

Literatura RS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s