História da imigração alemã é tema de bate-papo com Rodrigo Trespach

Edição: Vitor Diel
Arte: Giovani Urio sobre reprodução

Em 1824, o historiador e escritor Rodrigo Trespach narra a chegada dos imigrantes de língua alemã ao Brasil e a formação das primeiras colônias no século XIX. O livro mostra como os alemães participaram da instalação das nossas primeiras colônias agrícolas, do surgimento da igreja protestante brasileira e até mesmo de um plano para assassinar d. Pedro I. Por meio de documentos e diários de viagem, Trespach insere uma vasta pesquisa histórica numa envolvente narrativa que conta uma história fascinante e pouco conhecida sobre a formação do Brasil.

A data do título refere-se ao momento da criação da primeira colônia não lusitana no país. Eram 39 pessoas, entre homens, mulheres, jovens e crianças, que chegaram em pequenas embarcações a uma porção de terra próxima ao rio dos Sinos, perto de Porto Alegre. Entre pedreiros, carpinteiros e agricultores, esse grupo – composto por alguns católicos e muitos protestantes – viajou mais de cinco meses por mar e terra, por lagunas e rios.

Esta história e seus desdobramentos são tema de bate-papo do qual o autor participa no sábado, 14 de dezembro, às 10h, na Livraria Erico Verissimo (R. Jerônimo Coelho, 377 – Centro Histórico – Porto Alegre/RS). Em seguida, Trespach autografa a obra no local.

Sobre o autor
Rodrigo Trespach nasceu em Osório/RS. Historiador, pesquisador e escritor, é autor de onze livros, entre os quais O lavrador e o sapateiro (2013) e os quatro livros da coleção Histórias não (ou mal) contadas (2017 e 2018). Como pesquisador independente, é colaborador do Instituto de História Regional da Universidade de Mainz, na Alemanha, e autor de diversos artigos para jornais e revistas nacionais e internacionais. Mais sobre o autor em www.rodrigotrespach.com.

1824
Rodrigo Trespach
368 p.
16 x 23 cm
978-85-7734-704-9
R$ 52,90
Leya

Apoie Literatura RS

Ao apoiar mensalmente Literatura RS, você tem acesso a recompensas exclusivas e contribui com a cadeia produtiva do livro no Rio Grande do Sul.

Literatura RS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s