Contos de um país inverossímil

Edição: Vitor Diel
Arte: Giovani Urio sobre reprodução

Que o Brasil de 2020 desafia a criatividade de qualquer ficcionista dado às distopias, não é novidade pra ninguém. Ministérios sem ministros, governo sem governança, pandemia descontrolada e uso da estrutura pública para a manipulação através de redes de mentiras – estes são alguns dos elementos que se acumulam e constroem uma realidade que beira a inverossimilhança.

Inspirados por esse panorama, 36 ficcionistas brasileiros uniram-se para decodificar os mecanismos de uma sociedade conduzida ao enlouquecimento e ao adoecimento em pleno século XXI. Fake fiction – contos sobre um Brasil onde tudo pode ser verdade reúne narrativas curtas que tratam do Brasil atual e de possíveis futuros, de absurdos reais e imaginados. A publicação é fruto de campanha de financiamento que angariou o apoio de 336 leitores curiosos por conferir o resultado do esforço coletivo, organizado pelo editor e escritor Rodrigo Rosp e pela escritora e apoiadora de LRS Julia Dantas. O livro chega pela Não Editora e conta com textos dos seguintes autores:

Reprodução

Adriana Lisboa, Alexandra Lopes da Cunha, Altair Martins, Arthur Telló, Carlos André Moreira, Carlos Eduardo Pereira, Clarice Müller, Claudia Nina, Danichi Hausen Mizoguchi, Dani Langer, Eliana Alves Cruz, Gabriela Richinitti, Guilherme Smee, Guto Leite, Henrique Schneider, Irka Barrios, Julia Dantas, Lima Trindade, Leandro Godinho, Leila de Souza Teixeira, Lu Thomé, Luisa Geisler, Marcela Dantés, Marcelo Spalding, María Elena Morán, Michelle C. Buss, Nelson Rego, Rafael Bassi, Renata Wolff, Rodrigo Alfonso Figueira, Rodrigo Rosp, Sara Albuquerque, Taiasmin Ohnmacht, Tiago Germano, Vitor Necchi e Yuri Al’Hanati.

A obra está atualmente em pré-venda e estará disponível para público a partir de 1º de setembro.

Sobre os organizadores
Julia Dantas nasceu em Porto Alegre, em 1985. Formou-se em jornalismo, estudou crítica de arte em Buenos Aires, atuou como tradutora e hoje se dedica à edição de livros. Faz mestrado em escrita criativa na PUCRS, tem contos publicados em antologias e foi finalista do Prêmio Açorianos de Criação Literária e do Prêmio São Paulo de Literatura com o romance Ruína y leveza.

Rodrigo Rosp nasceu em 1975 e vive em Porto Alegre. Lançou os livros de contos A virgem que não conhecia Picasso (2007), Fora do lugar (2009) e Fingidores — comédia em nove cenas (2013, semifinalista do Prêmio Portugal Telecom) e organizou a antologia de contos cinematográficos 24 letras por segundo (2011), todos pela Não Editora. Fez pós-graduação em Estudos Linguísticos do Texto na Ufrgs e mestrado em Escrita Criativa na PUCRS. É editor da Não Editora e da Dublinense.

Fake fiction
Contos
Julia Dantas e Rodrigo Rosp, orgs.
256 p.
14 x 21 cm
978-65-8742-800-0
R$ 49,90 (R$ 32,90 ebook)
Não Editora

Apoie Literatura RS

Ao apoiar mensalmente Literatura RS, você tem acesso a recompensas exclusivas e contribui com a cadeia produtiva do livro no Rio Grande do Sul.

Literatura RS

Uma resposta para “Contos de um país inverossímil

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s