Um outro oceano

Imigrante haitiano radicado no RS, Chidelson Philippe lança volume de poemas que apresentam sua perspectiva de mundo

Edição: Vitor Diel sobre texto da assessoria
Arte: Giovani Urio sobre reprodução

Em sua obra Olhando para outro oceano, Chidelson Philippe traz elementos que abordam as constantes aflições de almejar estar em outras terras e de lidar com aquilo que acabou por deixar para trás. A cultura haitiana perpassa seus poemas ao tocar na história de lutas do seu povo, na caracterização de uma cultura de perseverança e resiliência – não deixando de abordar aspectos difíceis da vida no Haiti e como isso o trouxe a buscar uma nova vida no Brasil. A leitura do trabalho de Chidelson Philippe é enriquecedora.

Na raiz deste jovem escritor, como na da grande maioria da população haitiana, está semeado um poliglotismo obrigatório em função da existência de uma da língua identitária nacional, o crioulo, fruto da mistura da língua nativa dos escravos africanos, para lá levados à época colonialista, com os idiomas dos colonizadores, em especial o francês, o qual se tornou a língua oficial haitiana. Então, em versos que aqui estão, ele pergunta: Será que o Haiti é um país pobre ou empobrecido?

Confira um poema abaixo.

Qualquer país

Qualquer país que estende a mão
Que leva as pessoas a sério
É mais bonito para se viver
Espero não ser só para sua ambição
Pois fez promessas
A prioridade é não ter decepção
Oferecer a todos a esperança
Tenha a cultura humana
E não só a postura
Senhor(a), não sei seu nome
Nem a sua posição
Eu te escrevo de uma caneta impaciente
Pois acabou de ganhar a eleição
Que tenha lutado para chegar lá
Tente uma vida melhor para todos
Amamos qualquer país.

Sobre o autor
A trajetória de vida de Chidelson Philippe é permeada por esperança, reivindicações e luta. Seu trabalho em ações que oferecem a mão amiga aos migrantes que chegam ao Brasil – como suas posições no CIBAI Migrações e, mais recentemente, na Associação de Integração Social (AINTESO) e no Núcleo de Estudo, Ensino e Pesquisa sobre Migração (NEPEMIGRA/UFRGS) – refletem sua preocupação com o bem-estar da comunidade migrante no Brasil e em Porto Alegre/RS, o que o motivou também a cursar o Bacharelado em Relações Internacionais na Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Imigrante haitiano, chegando ao Brasil no ano de 2016, ele passou pelos desafios que a vida migrante coloca àqueles que se lançam a novos horizontes.

Olhando para outro oceano
Chidelson Philippe
70 p.
R$ 42
Muruci Editor
Compre aqui (link externo)

Apoie Literatura RS

Ao apoiar mensalmente Literatura RS, você tem acesso a recompensas exclusivas e contribui com a cadeia produtiva do livro no Rio Grande do Sul.

Literatura RS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s