Arte e melancolia por Léo Tavares

Reunião de contos apresenta personagens em momentos limítrofes

Edição: Vitor Diel sobre texto da assessoria
Arte: Giovani Urio sobre reprodução

Terceiro livro do escritor e artista visual Léo Tavares, O Congresso da Melancolia é uma coletânea de contos sobre arte, melancolia e personagens em momentos limítrofes. “De viagem rumo ao mesmo evento acadêmico – o congresso de suas próprias ruínas expostas –, as figuras destes contos conjugam imanência e evanescência, betume e branco-véu translúcido, carne-múmia e cortina de névoa, o maciço de uma pedra sacrificial e a fumaça de um cigarro que queima ao fundo de uma cumulus nimbus”, escreve Mar Becker no texto de orelha.

Confira abaixo um trecho do conto Uma delicada perturbação de pixels, presente em O Congresso da Melancolia.

“Santiago e a sua coruja recém-salva, de asa quebrada. Nenhuma imagem dele, nenhuma foto. Mas o semblante era claro, tinha contornos, texturas, palpabilidade. A coruja no ombro, o jeito desengonçado de equilibrar em um lado do corpo o que é selvagem e está ferido. E a roupa, uniforme eterno de garoto que não teria qualquer futuro. E agora ele, velho, via o menino, via-o com os olhos antigos, de quando também era criança. Santiago atrapalhado, no esforço de olhar para ele e de não afugentar a coruja. Via Santiago como se o fotografasse: uma camisa escolar rasgada no peito, o amarelo queimado ficando empapado, virando marrom, depois ferrugem, a insistência do vermelho, o porvir do vermelho. O corte fundo, cavado a estilete. Só os botões amarelos não se sujaram, eram pequenas ilhas enfileiradas por onde os dedos dele transitavam, dominando o reino, profanando a morte.

Uma foto disso! Ele desejava, o olho grasnava.”

Sobre o autor
Nascido em São Gabriel, no Rio Grande do Sul, Tavares vive e trabalha no Distrito Federal. É Doutor em Artes Visuais pela Universidade de Brasília. Pesquisa a relação entre a palavra e a imagem. Publicou também os livros de contos Ruibarbo do deserto (Patuá, 2019) e Os Doentes em Torno da Caixa de Mesmer (Modelo de Nuvem, 2014), prêmio Contista Estreante pela FestiPoa Literária.

O Congresso da Melancolia
Léo Tavares
138 p.
R$ 40
Editora Urutau
Compre aqui (link externo)

Apoie Literatura RS

Ao apoiar mensalmente Literatura RS, você tem acesso a recompensas exclusivas e contribui com a cadeia produtiva do livro no Rio Grande do Sul.

Literatura RS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s