Um outro José de Alencar

Renato Barros de Castro encontra os leitores e autografa na Feira do Livro de Porto Alegre na sexta-feira, 12 de novembro, às 16h

Edição: Vitor Diel sobre texto da assessoria
Arte: Giovani Urio sobre divulgação

Renato Barros de Castro autografa José de Alencar: entre o jornalismo e a ficção na 67ª Feira do Livro de Porto Alegre na sexta-feira, 12 de novembro, às 16h, na Praça de Autógrafos. O livro está à venda na banca da EdiPUCRS durante todo o evento, na barraca 13.

Acompanhado de dois textos inéditos do escritor apontado pelos críticos como fundador da literatura nacional, a obra apresenta um lado ainda pouco conhecido de José de Alencar, destacando a sua atuação na imprensa carioca e o surgimento dos seus primeiros romances, influenciados por seu trabalho de folhetinista. Se o escritor é considerado também o principal nome do Romantismo brasileiro, assinando obras com forte apelo à imaginação e à fantasia, esta obra pretende mostrar outra visão, revelando um viés realista de Alencar, a englobar tanto a sociedade aristocrática quanto a vida difícil das classes menos favorecidas no Rio de Janeiro do século XIX em processo de urbanização.

“Este trabalho mostra um José de Alencar diferente do que a maioria espera; é um estudo sobre o início da carreira dele, e nesse período da vida ele defende ideias totalmente diversas daquelas com que a imagem dele se cristalizou: defende, por exemplo, os pobres, é contra a escravidão, etc. O trabalho também mostra como o José de Alencar jornalista/folhetinista abraça a carreira de escritor de ficção, além de apresentar dois textos inéditos em livro, e que estavam perdidos nas páginas da hemeroteca da Biblioteca Nacional”, explica o autor.

A passagem pela imprensa permitiu a Alencar desenvolver outros aspectos de sua escrita, como o papel de fabulista, de crítico teatral, de político e de polemista, dentre outros, apresentando todo o processo que o levou a ultrapassar as fronteiras da crônica para chegar à produção romanesca. A partir da ótica de um Alencar flâneur, é possível conhecer um conjunto de imagens que, juntas, formam um painel surpreendente do Segundo Reinado.

Relembre esta entrevista exclusiva com Renato Barros de Castro, publicada em outubro de 2020.

Sobre o autor
Renato Barros de Castro nasceu em 1982 no Ceará, e reside em Porto Alegre. É doutorando em Letras (Literatura Comparada) na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), onde desenvolve tese sobre narrativas de viagem sob supervisão do Prof. Dr. Gerson Roberto Neumann. Mestre em Letras e graduado em Comunicação Social (Jornalismo), também é autor dos livros de crônicas Viagem a um Brasil insólito (Prêmio SECULT, 2015) e Geografia afetiva (Prêmio Milton Dias, 2011). Publicou, no campo da ficção, o livro de contos O mistério de Frida Zeiden, obra finalista do Prêmio SESC de Literatura 2016, e o romance Inventário das sombras, dentre outros.

José de Alencar: entre o jornalismo e a ficção
Renato Barros de Castro
258 p.
R$ 49,90
EdiPUCRS
Compre aqui (link externo)

Apoie Literatura RS

Ao apoiar mensalmente Literatura RS, você tem acesso a recompensas exclusivas e contribui com a cadeia produtiva do livro no Rio Grande do Sul.

Literatura RS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s