As cinzas de um Carnaval

Susana Vernieri apresenta história de protagonista de 33 anos que vive sua aventura por entre as ruas cheias de confete e que acaba mudando de forma radical sua trajetória

Edição: Vitor Diel sobre texto da assessoria
Arte: Giovani Urio sobre reprodução

Sonho de cinza é o mais recente livro de Susana Vernieri e conta a história de Dirceu, um jovem funcionário público de 33 anos, que vive as aventuras e desventuras do Carnaval de 2017 no bairro Cidade Baixa de Porto Alegre. Quem narra a história é uma escritora em crise que decide escrever uma novela numa noite de inverno. O livro é a sexta publicação da Editora Calypso, empresa de quem a autora também é proprietária. “O texto é mais uma autopublicação, mas estamos abertos a oferecer parcerias com outros escritores. Ano passado fomos finalistas do Minuano com um texto editado e publicado por mim”, diz Susana.

Confira um trecho da obra abaixo:

Dirceu, depois do expediente, tomou banho, colocou perfume e se despediu da mãe no apartamento de dois quartos da Luiz Afonso. Morava com a Dona Neusa e só iria voltar a trabalhar na quarta-feira ao meio -dia. A barulheira nas ruas do bairro boêmio começava a acontecer, principalmente na esquina da Lima e Silva com a República. O pessoal se aprumava para seis noites de carros de som, blocos, cerveja e suor. Era o reinado de Momo de 2017. Para começar a folia, sua turma tinha marcado um churrasco na calçada central de um trecho na Venâncio Aires para as 21h. Seria dado largada da festa do Carnaval.

Sonho de cinza está à venda com exclusividade na Liberta Livros (link externo) ou direto com a Editora Calypso pelo e-mail susanavernieri@gmail.com

Sobre a autora
Susana Vernieri é gaúcha de Porto Alegre, cidade em que vive no Sul do Brasil. É autora de livros de poesia, conto, romance, novela, crítica literária, infantil e infantojuvenil. Recebeu três prêmios: Prêmio Açorianos da Prefeitura de Porto Alegre, em 2009, pelo livro As grades do céu (contos); Prêmio Jordão Emerenciano, da prefeitura do Recife, capital do estado brasileiro de Pernambuco, em 1999, pelo livro O Capibaribe de João Cabral em O rio e o Cão sem plumas: Duas águas? (ensaio), e o Prêmio Apolinário Porto Alegre, da Academia Rio-grandense de Letras, na categoria Crônica, com o livro O mapa da República (2019). Também foi duas vezes finalista do Prêmio Minuano do Instituto Estadual do Livro do Rio Grande do Sul nas categorias Infantojuvenil, com o livro O mapa da República (2020), e Contos, com o livro Letra morta (2021).

Sonho de cinza
Susana Vernieri
52 p.
R$ 20
Editora Calypso

Apoie Literatura RS

Ao apoiar mensalmente Literatura RS, você tem acesso a recompensas exclusivas e contribui com a cadeia produtiva do livro no Rio Grande do Sul.

Literatura RS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s