A escrita de ficção científica

Saulo Adami e Matheus Borges participam do Sarau Odisseia de Literatura Fantástica no dia 27 de julho, às 19h, em Porto Alegre

Edição: Vitor Diel spbre texto da assessoria
Arte: Giovani Urio sobre fotos de divulgação

O terceiro Sarau Odisseia de Literatura Fantástica de 2022, no dia 27 de julho, a partir das 19h, recebe os escritores Saulo Adami e Matheus Borges no Mondo Cane (Rua João Alfredo, 325 – Cidade Baixa – Porto Alegre). A mediação fica a cargo do escritor, professor de escrita criativa, editor e um dos idealizadores da Odisseia de Literatura Fantástica, Duda Falcão.

Esta edição dedicada à ficção científica conta com a interação do público e tem entrada franca. Ao final do evento, os autores autografam seus livros mais recentes, como Mil placebos, de Matheus Borges. Saulo Adami, com diversas publicações no currículo, lança Camicleta – Manual dos Proprietários.

A Odisseia de Literatura Fantástica em Porto Alegre celebra, neste ano, uma década de existência promovendo a divulgação e os debates sobre a produção literária nos campos do fantástico, do horror, da fantasia e da ficção científica.

Saiba mais sobre os participantes abaixo:

Duda Falcão é escritor, professor de escrita criativa, editor e Doutor em Educação. Tem sete livros publicados: Protetores (2012), Mausoléu (2013), Treze (2015), Comboio de Espectros (2017), O Estranho Oeste de Kane Blackmoon (2019), Mensageiros do Limiar (2020) e Representações culturais e pedagogia dos monstros no universo de H. P. Lovecraft (2021). É organizador da Odisseia de Literatura Fantástica e do Prêmio Odisseia de Literatura Fantástica. Em 2018, ganhou o 1º Prêmio ABERST de Literatura na categoria conto de Suspense/Policial. Pela AVEC Editora organiza os selos Multiverso Pulp e Coleção de Pesadelos. Atualmente leciona no Curso Metamorfose de Escrita Criativa.

Saulo Adami nasceu em Santa Catarina há 57 anos. Escreve literatura desde 1974, publicou 141 livros de sua autoria de 1982 até agora e dirige com sua mulher Jeanine Wandratsch Adami a editora Estrada de Papel. Mora em Curitiba, onde é diretor de publicações do Instituto Histórico e Geográfico do Paraná. Seu conto A Invasão dos Macacos foi premiado na Odisseia de Literatura Fantástica de 2019, na categoria de narrativa curta ficção científica.

Matheus Borges nasceu em Porto Alegre, 1992. É formado no curso de realização audiovisual da Unisinos e egresso da oficina literária de Luiz Antonio de Assis Brasil. Suas histórias já foram publicadas em revistas literárias no Brasil e no exterior, bem como em coletâneas e antologias. No cinema, atuou como roteirista em A Colmeia, longa metragem vencedor de cinco prêmios na edição 2021 do Festival de Cinema de Gramado. Atualmente, é mestrando no programa de pós-graduação em letras da UFRGS. Em 2022, publicou seu primeiro livro, o romance Mil Placebos. Nas redes sociais: @matheusmedeborg

Apoie Literatura RS

Ao apoiar mensalmente Literatura RS, você tem acesso a recompensas exclusivas e contribui com a cadeia produtiva do livro no Rio Grande do Sul.

Literatura RS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s