Sarau das Minas recebe convidadas de Minas Gerais e discute literatura feminista

Edição: Vitor Diel com texto da assessoria
Arte: Giovani Urio

Três escritoras mineiras e feministas são as convidadas especiais da próxima edição do Sarau das Minas. No sábado, 6 de março, das 19h às 22h, o evento vai promover uma conversa entre a escritora e produtora do sarau mariam pessah, e as convidadas, que também farão leituras de textos selecionados. Na segunda parte do evento, o sarau segue com o formato que o tornou conhecido e admirado entre muitas escritoras feministas de Porto Alegre e do Rio Grande do Sul, com turno de voz aberto a todas as participantes que queiram compartilhas seus contos, crônicas e poemas. O encontro acontece pelo Zoom (ID da reunião é 831 3178 0319; a senha é 930203) e será transmitido pelo Facebook do Sarau das Minas.

O Sarau das Minas | Porto Alegre nasceu há mais de 3 anos com o objetivo de valorizar a literatura de autoria de mulheres. Nesse tempo, transitou por vários espaços como o Café Estômago, a antiga livraria Baleia, livraria Taverna, Fora da Asa e agora ocorre pelo Zoom. O Sarau, desde o início, é organizado pela escritora e poeta mariam pessah. O evento ocorre a cada três semanas, trazendo um tema diferente a cada edição .Saiba mais sobre as convidadas deste sábado abaixo.

Adriane Garcia é poeta, nascida e residente em Belo Horizonte. Publicou Fábulas para adulto perder o sono (Prêmio Paraná de Literatura 2013, ed. Biblioteca do Paraná), O nome do mundo (ed. Armazém da Cultura, 2014), Só, com peixes (ed. Confraria do Vento, 2015), Embrulhado para viagem (col. Leve um Livro, 2016), Garrafas ao mar (ed. Penalux, 2018), Arraial do Curral del Rei – a desmemória dos bois (ed. Conceito Editorial, 2019) e Eva-proto-poeta (ed. Caos & Letras, 2020).

Ana Elisa Ribeiro é mineira de Belo Horizonte. Professora Titular e Pesquisadora na empresa CEFET-MG – Centro Federal de Educação Tecnológica, autora de livros de poesia, crônica, conto e infantojuvenis. Seus livros mais recentes são Álbum (Relicário, 2018) e Dicionário de Imprecisões (Impressões de Minas, 2019).

Cecília Castro é mineira, feminista, formada em Letras, pela PUC-Minas em 2013. Fundadora da Editora Luas: um projeto editorial totalmente voltado para as mulheres, desde 2019. Atualmente, dedica-se exclusivamente ao projeto editorial feminista.

Apoie Literatura RS

Ao apoiar mensalmente Literatura RS, você tem acesso a recompensas exclusivas e contribui com a cadeia produtiva do livro no Rio Grande do Sul.

Literatura RS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s