AVEC Editora a todo vapor

Casa disponibiliza neste mês novas edições ou lançamentos de RPG, HQs, não-ficção e mais

Edição: Vitor Diel
Arte: Giovani Urio sobre reprodução

Um punhado de lançamentos para os próximos dias do mês de abril. Este é o pique com o qual a AVEC Editora tem trabalhado ultimamente — entre os títulos, a segunda edição de Guanabara Real: A alcova da morte e sua continuação Guanabara Real: o covil do demônio, escritos por Enéias Tavares, A.Z. Cordenonsi e Nikelen Witter, as versões capa dura e brochura do novo RPG de Jorge Valpaços, uma obra de não-ficção lançada pela Ediouro nos anos 70 em plana ditadura militar, e muito mais. Confira abaixo.

Guanabara Real: a alcova da morte (2ª edição)
A.Z.Cordenonsi, Enéias Tavares, Nikelen Witter
184 páginas coloridas
Compre aqui (link externo)

Brasil, 1892. Durante a noite de inauguração da estátua do Corcovado, um horrendo crime toma de assalto a alta sociedade carioca. Para resolver o mistério, a investigadora particular Maria Tereza Floresta, o engenheiro positivista Firmino Boaventura e o dândi místico Remy Rudá terão de se embrenhar numa perigosa trama de poder e corrupção. O que parece mais um caso, aos poucos se revela um plano que põe em risco o futuro de todo país e para impedi-lo, a agência de detetives Guanabara Real terá de usar toda a sua perícia para solucionar os enigmas tecnológicos e os mistérios arcanos da sangrenta Alcova da Morte. Livro vencedor dos Prêmios AGES e Le Blanc.

Guanabara Real: o covil do demônio
A.Z.Cordenonsi, Enéias Tavares, Nikelen Witter
200 páginas
Compre aqui (link externo)

Brasil, 1893. Meses se passaram após o evento que ficou conhecido como o “Massacre do Engenho Novo”. Acusados injustamente do crime, os protagonistas de A alcova da morte precisam agora se esconder nos subúrbios cariocas enquanto investigam as intenções do autoproclamado novo presidente do Brasil, o Barão do Desterro. Desaparecimentos se seguem à chegada do novo regime e, com mão de ferro, o Barão impõe sua vontade à população.

O breu povoado
Oscar Nestarez
128 páginas
Compre aqui (link externo)

Em sua nova coletânea, Oscar Nestarez convida você a explorar os recantos sinistros do cotidiano e da mente humana. A jornada começa com um escritor amargurado entregando-se a fantasias malévolas, e conclui-se com uma assustadora viagem ao Haiti. No caminho, você encontrará uma jovem atormentada pelo luto, uma vampira entediada com a eternidade, um hedonista com planos macabros e outras personagens perturbadoras — que continuarão por perto mesmo depois do ponto final, povoando o escuro ao seu redor.

Lições: um jogo narrativo entre mundos
Jorge Valpaços
120 páginas coloridas
Compre aqui em brochura (link externo)
Compre aqui em capa dura (link externo)

Lições é um RPG sobre viagens a mundos paralelos e realidades alternativas. Universos futuristas? Viagens no tempo? Aventuras em mundos virtuais? Essas são apenas algumas possibilidades para você jogar! Tudo que você precisa para criar mundos, desenvolver poderes e criar histórias intensas sobre uma grande crise que abala os mundos está aqui.

Livros de bolso infantis em plena ditadura militar: a insuperável coleção Mister Olho (1973-1979) em números, perfis e análise
Leonardo Nahoum
456 páginas coloridas
Compre aqui (link externo)

Os anos de chumbo da última ditadura militar brasileira viram surgir no país uma das mais populares coleções infantojuvenis da nossa história literária – a Mister Olho (1973-1979), publicada pela carioca Ediouro. Composta de pequenos volumes, geralmente narrativas de aventura e mistério, escritas por autores que muitas vezes usavam pseudônimos, suas séries tinham como público-alvo os estudantes, e logo caíram nas graças dos responsáveis por escolher os títulos que seriam adotados para leitura suplementar nas escolas. Aqueles que foram crianças na década de 1970 provavelmente trazem na memória os pequenos livros de encadernação de qualidade discutível, que formaram muitos leitores por meio das aventuras de personagens tão cativantes quanto os componentes da Turma do Posto Quatro e da Patota da Coruja de Papelão.

Ciça: a menina saci
Lucas Marques e Bruno Prosaiko
116 páginas coloridas
Compre aqui (link externo)

Esta é uma série de histórias em quadrinhos protagonizada por uma garota muito esperta e travessa. Ela conta sempre com a companhia de seu melhor amigo Levi, que de levado não tem nada (ou será que tem?). Juntos, vivem aventuras e desventuras num cenário cheio de seres fantásticos e inusitados. Como a nossa própria cultura, os personagens desta HQ são uma mistura de um pouco de tudo. Alguns, como a protagonista, são releituras de figuras do folclore brasileiro. Outros são personagens novos influenciados por culturas estrangeiras.

Apoie Literatura RS

Ao apoiar mensalmente Literatura RS, você tem acesso a recompensas exclusivas e contribui com a cadeia produtiva do livro no Rio Grande do Sul.

Literatura RS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s